quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Lula, Dilma, fatos e boatos


A campanha da candidata Dilma Rousseff, à frente o ¨messias¨ Luís Inácio Lula da Silva, alega como motivo para ela não ter obtido a vitória já no primeiro turno uma onda de boatos que se espalhou pelo país, principalmente através da internet, como se nada do que foi dito correspondesse à verdade. Acredito que só os petistas de carteirinha ou não enxergam os fatos ou preferem tapar o sol com a peneira para tratar o povo brasileiro dessa forma, como se fosse um bando de ingênuos.

Vamos por partes.

A batalha pela descriminalização do aborto fez parte da politica do governo, que atuou nessa área sob a coordenação da ministra Nilcea Freire, responsável pela Secretaria Especial de Políticas para Mulheres. Em sua gestão foi criada uma comissão tripartite, que reuniu toda as propostas em andamento sobre o tema e preparou projeto de lei ¨consensual¨ já enviado ao Congresso Nacional, descriminalizando o aborto. Não se esqueça, também, que o programa do Partido dos Trabalhadores aprovado pelo presidente Lula e por sua candidata, Dilma Rousseff, que fez a defesa do aborto publicamente pelo menos por duas vezes, contempla o tema como uma de suas prioridades. É tanto que para amenizar o efeito da  provável perda de votos no segundo turno fala-se, inclusive, na retirada estratégica desse ponto.

Fato ou boato?

Fez também parte da política de governo o controle social dos meios de comunicação mediante a tentativa de criar o Conselho Federal de Jornalismo com amplos poderes para estabelecer pautas jornalísticas e controles sobre as empresas. Como se não bastasse, o PNDH 3, assinado como decreto pelo presidente Lula, voltou à carga com toda a veemência, sinal que o germe da repressão à liberdade continua sendo veladamente cevado nos corredores do Planalto. É tanto que Lula em seus últimos destemperos contra a imprensa, durante a campanha, brandiu o discurso do controle da mídia como ameaça.

Fato ou boato?

Por sua vez, o PLC 122/06 continua em tramitação no Senado, e, se aprovado dará auspícios legais ao ¨delito de opinião¨, figura que inexiste no campo jurídico por ferir a liberdade de expressão. Quem foi a autora? A então deputada federal Iara Bernardi, do PT, que conseguiu aprovar o projeto na Câmara dos Deputados na calada de uma tarde de quinta-feira sem que os deputados cristãos estivessem atentos. Quem é a relatora, agora, no Senado? Fátima Cleide, do PT, que, felizmente, perdeu em Rondônia a eleição com a metade dos votos do segundo colocado. Mas seria essa uma iniciativa isolada das parlamentares petistas? Veja o que diz o PNDH 3, assinado pelo presidente Lula com o aval da candidata Dilma Rousseff:

¨Reconhecer e incluir nos sistemas de informação do serviço público todas as configurações familiares constituídas por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT), com base na desconstrução da heteronormatividade (grifo meu)¨.

O que chama a atenção na proposta (repita-se: assinada pelo presidente Lula com o aval da candidata Dilma Rousseff) não é tanto os direitos homossexuais, mas o que está implícito: desconstruir a heterossexualidade como a prática normal do sexo entre os gêneros. E como se fará isso: com a aprovação do PLC 122/06, que penalizará quem expressar-se para considerar a homossexualidade uma prática antinatural. 

Fato ou boato?

Consta também do mesmo PNDH 3, assinado pelo presidente Lula com o aval da candidata Dilma Rousseff a seguinte recomendação aos estados e ao Distrito Federal: a criação de Conselhos para a diversidade religiosa (grifo meu) e espaços de debate e convivência ecumênica para fomentar o diálogo entre estudiosos e praticantes de diferentes religiões. Imagine agora as igrejas e outras confissões terem de submeter os seus ritos aos ditos conselhos para poderem exercer o sagrado e livre direito de culto?

Fato ou boato? Julgue você.

16 comentários:

Philadelfia - Evangelismo e Louvor disse...

Paz, Pr. Geremias do Couto!

Como comentei no Blog do Pr. Carlos Roberto, se os nobres deputados evangélicos de todo o Brasil, eleitos no primeiro turno (com exceção dos da IURD, que possivelmente serão à favor da descriminalização do aborto) fizessem uma caravana e percorressem as capitais dos estados num esforço pra coscientizar os irmãos acerca do PNDH, que é um atentado à democracia e as liberdades individuais, ACREDITO EU QUE SERIA UM EMPREENDIMENTO MUITO IMPORTANTE e mostraria aos irmãos que a classe política evangélica realmente se importam com o assunto. Temos pessoas influentes e eloquentes como o Pr. Elinaldo Renovato, Marco Feliciano, entre muitíssimos outros.

Na internet, já temos grandes ícones da AD fazendo essa campanha. Precisamos, porém, de uma campanha corpo-a-corpo.

Se nossos líderes e teólogos (como o senhor, Pr. Carlos Roberto, entre outros) da AD no Brasil sugerisse isso a esses deputados e senadores, creio que seria mais fácil de ser acatado.

Vejo que o desafio é muito grande. Particularmente, acredito que uma grande parte dos evangélicos que votou em Marina correrão para o PT. Principalmente os evangélicos universitários na minha região votarão NULO, o que favorece a petista. Precisamos de um movimento para conter essa sangria - tanto a adesão para Dilma quanto para o voto NULO.

Essa é minha opinião.

Um abraço na paz do Senhor Jesus.

Obs.: Se preciso fosse, até mesmo convidaria os representantes católicos (deputados) para fazer parte da caravana.

Fillip Andrew disse...

Excelente explanação!

Graça e Paz!

Júnio Almeida disse...

Olá Pastor!

Vim conhecer seu espaço digital. Gostei. Bom alerta à sociedade.

Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

Cristão ex officio é um blog cristão onde queremos disseminar um pensamento crítico e reflexivo sobre o evangelho; algo que impacte tanto aqueles que não conhecem a Cristo como quem já o segue.

Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

Abraços em Cristo e Paz!

Júnio Almeida

http://cristaoexofficio.blogspot.com

José Nildo disse...

Voto nulo já pois Serra está usando os evangelicos, e até posando de "irmão" para ganhar votos.

O Padre Léo no vídeo abaixo revela como tudo começou sobre o aborto no Brasil:

Padre Léo Desmascara José Serra Sobre o Aborto

Como acreditar que Serra e o PSDB mudarão de posição? A real e não agora que está querendo votos.

Voto nulo já!

Sou evangélico e não vou ser connivente com a politicagem que assola a nação.

Missionário Felipe Sena disse...

Isso não é boato! É fato!

Aborto, nova ordem mundial e união homossexual estão no documento de resoluções e monções do PT!

Eu gravei um áudio em que leio partes deste documento!
http://
vigiliadocasarao.blogspot.com/2010/10/missionario-felipe-sena-comenta.html

Georges disse...

Pastor, quero elogiar sua iniciativa de apresentar fatos vs boatos, isso é importante num momento em que Dilma Rousseff foi tão atacada, infelizmente por muitos irmãos nossos, pastores inclusive, que usara e abusaram de boatos e mentiras sobre ela. Permita-me dizer que há um site que catalogou todos as calúnias e traz a versão correta: http://www.sejaditaverdade.net/blog2/?p=2091
Penso que Dilma não é uma Teresa de Calcutá; mas também não é essa sanguinária que pintaram. Posso afirmar que entre meus amigos pelo menos um deputado distrital e uma deputada federal, ambos de Brasilia, ficaram escandalizados quando viram esses e-mails mentirosos, espalhados sem dó por muitos irmãos nossos. Ficaram tristes ao saber que rola essa baixaria no meio evangélico, eles que já estão acostumados a ver muita sujeira na política do DF. Que testemunho estamos dando como Igreja? O diabo é o pai da mentira!
por outro lado, em meu blog questionei se Marina é mesmo evangélica (se me permite, o endereço do artigo é http://doa-a-quem-doer.blogspot.com/2010/09/marina-silva-e-mesmo-evangelica.html). O comportamento ao assumir ser a favor da união civil de gays, dizendo que casamento é um sacramento (doutrina católica), aceitar o apoio de L.Boff (teologia da libertação, nova era), apoiar L. Bassuma na Bahia (pai de santo, médium), Gabeira (ex-terrorista, luta pela liberação das drogas)... temos que ter critérios justos, temos que ter discernimento. Como é que nossos pastores vivem denunciando as obras das trevas, as alianças com o inferno, e aceitam esses acordos de Marina?
O estatuto do PV prevê aborto, casamento gay, liberação da maconha, está tudo lá, é praticmente o mesmo do PT.
Por isso não aceito que me vendam Marina como "serva do Senhor"?
Coloquei esses argumentos para vários pastores e em portais de noticias evangélicas, mas ninguém disse nada coerente. Espero que o senhor o faça, com amor.
Fraternalmente,
Georges

Esdras Costa Bentho disse...

Kharis kai eirene

Prezado amigo Geremias, meus parabéns pelo novo layout do blog, discreto, confortável e agradável.
Graças a Deus, o amigo traz esse esclarecimento à bloguesfera cristã. Infelizmente muitas pessoas estão discutindo o assunto sem de fato terem lido o PNDH 3.

Parabéns
Esdras Bentho

PR MAURICIO BRITO disse...

Pr Jeremias muito honrosa a sua contribuição neste texto; o senhor explicou que contra fatos não ha buatos.
parebens
http://prmauriciobrito.blogspot.com/

Daladier Lima disse...

Os fatos estão aí para quem quiser ver. Parabéns pelo post e vamos aguardar os desdobramentos.

Abraços!

Denilson disse...

Olá Pastor

Todos os argumentos apresentados em seu post contra a candidata do PT, Dilma Roussef, são verdadeiros. Porém é ilusão pensar que José Serra ou o partido dele (PSDB) terão postura diferente com relação aos temas propostos no PNDH3 e outros projetos de lei citados. Portanto, o apoio escancarado de alguns setores evangélicos a Serra é no mínimo incoerente, já que o mesmo, equanto ministro da saúde, normatizou o aborto pelo SUS para casos de vítimas de estupro.
Penso que a melhor postura, para a igreja, é lutar pela mudança de caráter e edução da sociedade para os princípios bíblicos. Assim como o Estado não pode interferir na Igreja, esta não pode almejar ditar as regras do Estado, que é laico e deve governar para TODOS e não para A MAIORIA.
Também não adianta elegermos mais políticos evangélicos, enquanto cada cristão não viver, no seu dia a dia, valores éticos e morais dignos de imitação pela sociedade.

Um abração!

parahugo disse...

Paz!
Gostaria muito de uma postura mais agressiva, por parte de nossas igrejas, contra o cenário político brasileiro. O Pr batista Piragine se posicionou e teve quase 4milhões de acesso, ao ponto de ter seu vídeo bloqueado pelo youtube nestes dias. É um momento delicado, muito crítico, e que exige conscientização de nossos irmãos, seja através da tv e rádio, mensageiro da paz, encarte nas revistas, etc... temo que choremos as consequencias do lulismo mais tarde.

parahugo disse...

Links úteis:
http://www.youtube.com/watch?v=rydilILFH-8
http://www.youtube.com/watch?v=-Wx-jdq4__M
http://www.youtube.com/watch?v=egSOraTfhZI
http://www.youtube.com/watch?v=ILwU5GhY9MI
http://www.youtube.com/watch?v=fV0I9HljZbY
http://www.youtube.com/watch?v=-ObBRbrqiD8
http://www.youtube.com/watch?v=0tM4SCtfYV8
http://DilmaNao.org
"Buscai a verdade, antes que a verdade vos surpreenda.
Suai agora, para não chorardes depois"...

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e pastor Geremias do Couto,

Seu artigo é elucidativo e transparente!

Parabéns por contribuir com a blogosfera trazendo fatos verídicos e provados.

Boa viagem!

Um grande abraço!

Seu conservo,

Pr. Carlos Roberto

Andrequimico disse...

Será que Deus apoiaria um Governo que tirou milhões de brasileiros da míséria ou um Governo que colocou esses brasileiros lá ?

Moyses Alexandre de Godoi disse...

Paz...

Entre fatos e boatos, fato é que graças aos fatos então considerados boatos que essa eleição foi para o segundo turno, sendo que a Marina teve votação expressiva, aqui em minha cidade, muitas pessoas não crentes votaram nela e pediam votos inclusive empresários, até os donos da empresa onde trabalho (uma das maiores redes de supermercados de Santa Catarina) pediram informalmente ou através de terceiros que votassem em determinados candidatos e na Marina como presidente.
Eu como já disse em postagem anterior me abstenho de votar, mas a pergunta que fica no ar é em quem os milhares de pessoas, principalmente os crentes que votaram nela irão votar no segundo turno, sem trair a consciencia, posto que Dilma e Serra são farinha do mesmo saco?

Ricardo Mamedes disse...

Caro Pr. Geremias,

Há muito se diz que "contra fatos não há argumentos". Ora, independentemente dos boatos porventura propagados - e aqui faço menção ao comentário do Georges - os fatos estão aí colocados. E os fatos explicitam cristalinamente que o PT, Lula e a sua "discípula" são mesmo autoritários. Aliás, não há esquerda que não seja autoritária, e que não traga no seu cerne algo do marxismo...

Não, a despeito dos boatos, nós, cristãos, não temos como nos alinhar com o PT, Lula, Dilma; esta, acobertada pelo seu "Rasputin" (Zé Dirceu) !!!

Fatos são fatos.

ótimo e esclarecedor o seu texto.

Ricardo.