domingo, 17 de outubro de 2010

Enfim, Dilma divulga carta aos evangélicos

Que Dilma você prefere: a que mudou o discurso ou a anterior?

Desde cedo, ontem, circularam as notícias mais desencontradas. A príncípio, segundo alguns veículos da imprensa, DIlma retrocedera e não assinaria nenhuma carta para atender as revindicações dos líderes evangélicos, que se reuniram com ela no dia 13 de outubro. Prevalecia a tese dos linhas-duras do PT, que viam nisso retrocesso perigoso para a estratégia petista de médio e longo prazo. Mas como seria dificil explicar essa meia-volta diante da expectativa criada com a promessa de divulgação da carta, optou-se então por formalizá-la e, com isso, tentar dar um fim à discussão que a própria candidata trouxe para a campanha, quando começou a desdizer o que dissera antes como parte de sua crença e filosofia de vida. 

Acabei de ler o documento. Quem esperava um tiro de canhão, ouviu um estampido de bomba de São João. A emenda saiu pior do que o soneto. Peço licença ao Reinaldo Azevedo para fazer um azul e vermelho com os pontos da açucarada carta. Aí vai:

Dirijo-me mais uma vez a vocês, com o carinho e o respeito que merecem os que sonham com um Brasil cada vez mais perto da premissa do Evangelho de desejar ao próximo o que desejamos para nós mesmos. É com esta convicção que resolvi pôr um fim definitivo à campanha de calúnias e boatos espalhados por meus adversários eleitorais. Para não permitir que prevaleça a mentira como arma em busca de votos, em nome da verdade quero reafirmar:

A introdução já começa com uma premissa errada. Quem rascunhou a carta esqueceu-se que o Mestre ensinou a amar o próximo com o mesmo padrão de amor que ele teve em favor da humanidade. Se nós mesmos nos constituirmos como medida, corremos o risco de dar com os burros n'água. Por outro lado, não é verdade que as últimas notícias envolvendo Dilma Rousseff sejam calúnias e boatos. Os fatos estão documentados e foram divulgados com provas cabais sem que houvesse qualquer articulação nesse sentido, como reação natural ao novo discurso que a candidata inaugurou na campanha para atrair o eleitorado cristão.

1. Defendo a convivência entre as diferentes religiões e a liberdade religiosa, assegurada pela Constituição Federal.

Não é isso que transparece no PNDH 3, forjado na Casa Civil comandada pela então ministra, que propõe entre outras aberrações estabelecer conselhos para a diversidade religiosa, como se fosse papel do Estado interferir nos cultos de qualquer crença.

2. Sou pessoalmente contra o aborto e defendo a manutenção da legislação atual sobre o assunto.

Esse é o calcanhar de aquiles de Dilma Rousseff. Contraria o que afirmou em entrevista à Folha, em 2007, quando considerou absurdo que o Brasil não tivesse ainda descriminado o aborto, o que reafirmou posteriormente, no ano de 2009, já na condição de pré-candidata, em entrevista a Marie Claire. O advérbio "pessoalmente" é uma forçação de barra e pressupõe que nem sempre o desejo pessoal pode sobrepor-se aos "interesses de estado". No caso, a descriminação do aborto. Mas que estado, o do PT? É fácil, agora, dizer que defende a manutenção da legislação atual sobre o assunto, quando, ao contrário disso, a Secretaria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres fez da pauta a sua prioridade durante o governo Lula, o PNDH 3 reforçou a mesma política e já há projetos de lei em andamento para cumprir a proposta. Isso não é nada mais do que dizer: "lavo as minhas mãos".

3. Eleita presidente da República, não tomarei a iniciativa de propor alterações de pontos que tratem da legislação do aborto e de outros temas concernentes à família e à livre expressão de qualquer religião no País.

Vá lá que Dilma, se eleita, não tome qualquer iniciativa, como promete nesse item. É possível acreditar numa pessoa que anteontem dizia com convicção uma coisa e hoje, para atender conveniências eleitorais, diz outra? E se vier a não tomar nenhuma iniciativa, o que isso significará? Nada! O processo já esta em curso e o PT, ao lado de aliados de outros partidos, fará direitinho "o dever de casa" no Congresso Nacional.

4. O PNDH 3 é uma ampla carta de intenções, que incorporou itens do programa anterior. Está sendo revisto  e, se eleita, não pretendo promover nenhuma iniciativa que afronte a família.

Não é verdade que o PNDH seja uma ampla carta de intenções. É, sim, um decreto assinado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva, com pontos muito claros a serem implementados e determinando, inclusive, as áreas do governo responsáveis pela execução de cada um deles. Também não é verdade que está sendo revisto. A não ser que Dilma tenha esquecido de combinar com Paulo Vannuchi, ministro dos Direitos Humanos, que afirmou ficar tudo como está por ter o governo já feito as alterações necessárias. É por isso que Dilma de forma enviezada disse ser "pessoalmente" contra o aborto. Para não ficar contra o PNDH 3 já emendado, que diz: "Considerar o aborto como tema de saúde pública, com a garantia do acesso aos serviços de saúde". Saúde de quem? Da mãe ou do feto?

5. Com relação ao PLC 122, caso aprovado no Senado, onde tramita atualmente, será sancionado em meu futuro governo nos artigos que não violem a liberdade de crença, culto e expressão e demais garantias constitucionais individuais existentes no país.

Aqui o rascunhador da carta comete um ato falho. Admite já o futuro governo da candidata. É um risco calculado. Mas vamos ao ponto: da forma como o projeto de lei se encontra redigido, será muito difícil - senão impossível - para o presidente sancioná-lo sem que se estabeleça a mordaça a quem se expressar contra a homossexualidade. O PLC 122 não se submete ao princípio constitucional da igualdade ao estabelecer privilégios para uma minoria.

6. Se Deus quiser e o povo brasileiro me der a oportunidade de presidir o País, pretendo editar leis e desenvolver programas que tenham a família como foco principal, a exemplo do Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida e tantos outros que resgatam a cidadania e a dignidade humana.

A que "deus" o rascunhador da carta se refere? À força superior a que Dilma se referiu em sua entrevista ao Datena? Ou àquele mencionado na entrevista à Folha? Veja você mesmo: "...Eu não acho que a gente pode achar que só existe o... aquele seu Deus, entende? Eu acho que você tem de ter, assim, uma abertura para contemplar todas as possibilidades (...) Eu me equilibro nessa questão: Será que há [Deus] , será que não há?" É ou não é hilário, para não dizer triste!

O resto é com você.

46 comentários:

Clébio Lima de Freitas disse...

Pr. Geremias do Couto,

Sua iniciativa de comentar a carte aberta de Dilma aos evangélicos pode esclarecer muita gente que está sendo enganada pelo PT. Que deus lhe oriente ainda mais a cada dia!

Em Cristo,

Clébio Lima de Freitas
clebiolima.blogspot.com

Daniel disse...

Pastor... com toda a multidão de informação contra a candidata Dilma, e o seu já expressado Voto contra a mesma. Fico a me perguntar, para onde vai seu voto??? O mais natural pelo que parece vai para o candidato tucano. Gostaria de entender pq o senhor não fez nenhum comentário, sobre a declaração do msm a respeito da união civil entre homossexuais, tbm aplamente divulgada e assinatura da regulamentação do aborto qdo ele era ministro da saúde. Serra e Dilma, apresentam são apenas de partidos diferentes, porém alguma pequenas diferenças, apresentam o continuismo do governo gentio e que mais cedo ou mais tarde buscará amordaçar o povo de Deus. Gostaria de fazer uma última pergunta: Porque o Senhor não se mostrou tão ferrenho assim na defesa da candidata Marina Silva, que se apresentava, como uma alternativa realmente diferente???

RUBEN disse...

Pr. Geremias, a Paz do Senhor!

Não tem outra palavra, é INCOERÊNCIA mesmo, com toda a sua amplitude de sentido. Fico com Efésios 6. 12.

Dc. Ruben Gonzaga.
IEAD B. Penha, Gov. Valadares.

Missionário Felipe Sena disse...

Além de comunista, essa mulher e os aloprados do PT pensam que somos idiotas para acreditar nisso. Aqui há um povo que tem a unção do Santo e sabemos de tudo. Pois o Diabo mente a nós todos os dias, não cairemos em mais uma de suas mentiras. Parabéns pelo trabalho Pr. Geremias, esclarecendo estas aberrações contra a humanidade.

O PT é um partido fechado na questão de aborto, união homossexual e nova ordem mundial, este último nega completamente qualquer relação com Deus, visto que Deus condena aqueles que participam e apoiam o governo da besta(o anti-cristo). Basta procurar no youtube e vai ver Lula falando: "É necessário uma nova ordem mundial!", em outras palavras ele não está dizendo Maranata ora vem Senhor Jesus, mas está dizendo: "Desgrça, ora venha anti-cristo".

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo e pastor Geremias Couto,
Graça e Paz!

Parabenizo o preclaro amigo, pela clareza com que elucida ponto a ponta a referida carta.

Para mim não passa de um embuste para confundir incautos. Lamentável!

Como penso de igual modo ao amado, e concordo com suas ponderações, também não fui convencido!

Um grande abraço!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Lira disse...

o Senhor vai denunciar a senhora Serra a polícia? MANDE PRENDÊ-LA HOJE SENÃO ESTARÁ SE OMITINDO DIANTE DA LEI E DIANTE DO QUE DEFENDE!!

Allan Soares disse...

Meus prezados amigos, infelizmente, neste jogo político em que estamos submetidos, mais propriamente na corrida presidencial, não existe anjos e nem demônios, são todos ímpios zumbis em busca incansável pelo poder. Tanto Serra, quanto Dilma se assemelham em suas posições ímpias: no desrespeito a familia e conceitos estruturais que Deus criou. ambos apóiam a união homossexual; a pratica do aborto dentre outros. fazem agora, jogo de cena político eleitoral para posarem de bom moço. Temos pouca ou nenhuma opção neste segundo turno o que passar disso são interesses escusos e pessoais.

Anônimo disse...

INFELIZMENTE O PT, NUNCA MUDOU, E INFELIZMENTE HA NO BRASIL TANTO FALSO OBREIRO QUE ACREDITA NO QUE ELES ESTÃO DIZENDO, DEUS AJUDE QUE NÃO SEJA PELA BOLÇA DE DINHEIRO QUE ESTEJAM SE VENDENDO.

Ev.Jailson Trajano disse...

Parabéns Nobre Pastor pelo post!
Paz!

Rakel Maia disse...

Pastor Geremias,
por que o senhor não faz um vídeo sobre o assunto? Seria ótimo.
Parabéns!
Rakel Maia

Anônimo disse...

Não dar para acreditar nessa façanha. A dilma diz uma coisa aqui, e bem ali diz outra.

Carlos disse...

Pr. Geremias,
Não sou evangélico mas acho que a questão do aborto é mais do que uma questão religiosa (de inferno ou céu) acho que é uma questão moral e ética. É justo que o direito da mãe de viver sua juventude ou o que quer que seja prevaleça sobre o direito do filho? Acho que tanto a mãe quanto o feto tem direito a vida (inclusive assegurado pela nossa Constituição), e se a mãe tem o direito a viver o feto também tem esse mesmo direito.
Condeno a forma como a Dilma está lidando com o tema...sempre se pronunciou favorávelmente e agora está em cima do muro ou falando que é contra. O candidato, mesmo que tenha posições antagônicas deve ser claro, vejam o Serra quando questionado sobre a união homossexual que firmemente se posicionou a favor (assim como Dilma), sem margem pra equívocos ou disse-que-disse, ao contrário de Dilma de quem nada se sabe e que hora manda mensagens pró-aborto, hora contra (sendo que nem poderia ser contra uma vez que é questão fechada dentro do PT), uma hora diz que é católica noutra diz que não acredita muito em Deus...ora bolas! Eleitor não é palhaço!
Não tenho outra coisa a dizer a não ser que no 2º turno a escolha é clara como água: José Serra 45 Presidente!
Que Deus abençoe a todos!

Gabriel Lopes disse...

Olá Pastor, que a Paz do Senhor esteja contigo.

Sou evangélico e a favor de que a igreja sim participe da construção do processo político no país.Entretanto, sinto-me ENVERGONHADO com as atitudes daqueles que em nome dos mandamentos de Jesus espalham o ódio e incitam a demonização do próximo. Como povo de Deus temos o dever de discutir e decidir o futuro de nosso país, mas acima de tudo dar o testemunho daquilo que Cristo nos deixou. Limitados o debate ao 'ela é pecadora, não votem em Dilma.'. Como disse o irmão Daniel, me pergunto porque não nos questionamos sobre o apoio de Serra ao casamento gay, as calúnias feitas por sua esposa ao longo da campanha e até mesmo por suas antigas declarações em prol do aborto? Espalha-se hoje por meio dos cultos e missas uma cultura de medo, por que? A igreja tem medo de perseguição? Oramos para que o evangelho possa ser liberado na China, mas nos escandalizamos quando a homofobia se torna crime no país. Tenho minhas ideologias mas não posso impedir que elas impeçam o exercício de outras distintas da minha - se não fosse assim Deus não teria nos deixado o livre arbítrio, não é mesmo? Portanto, não deixo apoio a nenhum candidato, mas sim meu repúdio por essa política de ÓDIO e MEDO que se instaura ao longo do processo, e que exclui o diálogo a conversa - tão característicos do nosso Senhor Jesus.

Julio Teixeira disse...

Patético, engraçado até, mas por trás dela tem perigosos canalhas.

Anônimo disse...

16 de outubro de 2010 08:33
Daniel disse...


Desculpe Daniel, mas achar que Dilma e Serra são apenas "candidatos um pouco diferentes" é falta de conhecimento.Poderia ficar aqui horas citando fatos que os diferenciam, mas cito um em particular, existe entre os dois um abismo moral intrasponivel em cujo fundo repousam alguns cadaveres de gente inocente, evidentemente jogados lá pela celula terrorista a qual a candidata pertencia.Serra jamaís pegou em armas contra irmãos para impor sua causa politica, ao contrario de sua adversaria procurou sempre colocar suas ideias pelo caminho ensinado por Cristo, a palavra.Cito esse fato em memória do soldado Mario Kozel.Um abraço e fique com Deus.

celux disse...

Parabens pela iniciativa de comentar sobre a farsa dessa carta que foi inventada pelos PeTistas para enganar o povo que quer preservar a familia e os direitos dos cidadaos.

Metanóia disse...

Prezado Sr. Pr Couto:

"É mais fácil uma convivência com bandidos do que com os hipócritas, pois dos marginais sabemos qual o seu “modus operandi”, e dos hipócritas nunca saberemos qual o seu ardil ou o meio astucioso que irão recorrer para nos fazer o mal".

carlos disse...

o PT redigiu a resposta de maneira premeditamente vaga.Eles não admitem que o PNDH-3 como está hoje fere a liberdade religiosa. Por isso eles não vão mudar nada nele, vão aprovar todos os itens que desagradam os cristãos e ainda vão dizer que cumpriram com a palavra, pois é o ponto de vista deles é que vai faler - principalmente porque agora eles não especificam nada. Essa carta vale menos que lixo e é mais um estrategema para enganar os cristãos. Vale lembrar que Lula em 2006 enviou uma carta para a CNBB jurando pela mãe dele que não tentaria discriminalizar o aborto e, no entanto, como sabemos, houve depois várias ações pró-aborto patrocinadas tanto pelo governo como pelo PT, no congresso.

"Política sem medo" disse...

Caro Pastor Geremias, gostei muito de sua interpretacao real das palavras de Dilma. Ela esta usando de todas as artimanhas possiveis para tentar conter sua queda vertiginosa. E dificil para ela e seu bando desistir das benecies que o poder lhes proporciona e como todo bom marxista/comunista ela nao se deixa abater. Espero que as igrejas tenham conseguido mostrar a verdade a seus fieis pondo essa gente fora de combate. Abracos, Tereza. Deus seja louvado.

Metanóia disse...

Prezado Sr. Pr. Couto:

Parabéns pelas sua colocações.

De todos os males dessa quadrilha, temos o bem da aproximação dos verdadeiros cristãos.

"Uma nação pode sobreviver aos idiotas e até aos gananciosos. Mas não pode sobreviver à traição gerada dentro de si mesma. Um inimigo exterior não é tão perigoso, porque é conhecido e carrega suas bandeiras abertamente. Mas o traidor se move livremente dentro do governo, seus melífluos sussurros são ouvidos entre todos e ecoam no próprio vestíbulo do Estado. E esse traidor não parece ser um traidor; ele fala com familiaridade a suas vítimas, usa sua face e suas roupas e apela aos sentimentos que se alojam no coração de todas as pessoas. Ele arruína as raízes da sociedade; ele trabalha em segredo e oculto na noite para demolir as fundações da nação; ele infecta o corpo político a tal ponto que este sucumbe. Deve-se temê-lo mais que a um assassino."

Cícero, Tribuno Romano 42 a.C.

Anônimo disse...

Nobre pastor Geremias.
Sentí firmeza na sua análise sobre o documento de Dilma endereçado aos evangélicos.O sr. expressou o que todos gostaríamos de expressar em alto e bom som,mas nossas palavras não tem o peso e o alcance das suas.
Só sinto que ainda no meio evangélico há os que foram abduzidos e "embarcaram na nave" de quem quer cercear a nossa liberdade.Ora, só mesmo beócios para acreditar em tal documento.Sobre ele,podemos citar o jargão conhecido,"me engana que eu gosto."
Ora,sabemos que o anticristo vem,mas apressar a sua volta é outra história.
Em Cristo em amor e graça:
José N.Rodrigues

Anônimo disse...

se fala contra a religião reclama, se se alia e fala a favor reclama tb...

vcs tão parecendo minha mulher, tudo reclama.

Ferreira Pena disse...

Muito bem pastor Geremias, aos poucos vão aparecendo e dando testemunho, os verdadeiros mensageiros de Jesus Cristo. Chega de mentira, de tanta malandragem para enganar o povo. Todas as lideranças cristãs devem se manifestar de forma clara, sobre em quem votar no segundo turno. Vamos votar no candidato que respeita Deus, seu filho e os ensinamentos da Bíblia, ou vamos votar na mentira que só agrada o diabo? Continue firme em sua missão. Parabéns!

Anônimo disse...

Parabéns pela lucidez das suas palavras, que desmontam, ponto por ponto, essa cartinha solerte cuja única finalidade é enganar o povo de de Deus. Estamos, na verdade, diante de uma atéia, perfeitamente afinada com os princípos ou a falta de princípios do socialismo que ela defendeu na mocidade, com armas nas mãos, empunhadas contra seus irmãos brasileiros, muitos deles completamente inocentes. Como confiar-lhe os destinos do nosso país?

Anônimo disse...

Pr. Geremias, a candidata mexeu com Forças que o PT e ela não podem e não vão conseguir controlar. Eles estão tão tomados pela vaidade e soberba que ainda não entenderam que enfrentam um Poder Maior que não se compra, que não se vende, que não se corrompe e que os conhece pelo avesso. Eles, na sua avidez pelo poder terreno, estão cegos para este momento especial na História do Brasil: a união dos cristãos em defesa do Sagrado. É a vivificação da Igreja! Faz muito tempo que não A vejo tão unida na defesa dos valores morais, éticos e religiosos. Sou católica e tenho muito orgulho de dizer que todos somos irmãos em Cristo.
Abraços fraternos,
Águeda.

JOSIMARIO RICHARLLI DE MENDONÇA disse...

JOSIMARIO RICHARLLI
VOTO EM DILMA PRIMEIRO SERRA NÃO GOSTA DO NORDESTE E VEJA IRMÃO AS DECLARAÇÕES DE SERRA A FAVOR DO ABORTO E DO CASAMENTO HOMOSSEXUAL NO BLOG O APRENDIZ DE DEUS BLOGSPOT.COM

AlaricoTrombeta disse...

Parabens Pastor!

Excelente analise, contudente mesmo! O PT e a sua boneca inflavel DilmaStalin querem transformar o Brasil em uma grande Sodoma e implantar um regime comunista e ateu que entre outras aberrações tem a MORTE dos nascituros como um "direito" da mulher. Estounesta luta háa muito tempo contra esta canalha vermelha e com certeza espiritos de trevas, almas sebosas mesmo! Irei divulgar no meu blog sua perfeita analise da "cartinha mentirosa " da DilmaStalin

No amor de Cristo vós saúdo!
Alarico Trombeta
http;//alaricotrombeta.blogspot.com

Anônimo disse...

Vejam os pronunciamentos dos cristãos – evangélicos católicos... e pessoas de bem (Pr. Paschoal Piragine Jr., Pr. Sila Malafaia , Aldo Pagotto, arcebispo da Paraíba, Padre Paulo Ricardo, Padre José Augusto, Boris Fausto, Hélio Bicudo…).
De quem são estes pensamentos?
A propaganda não pode servir à verdade especialmente quando possa salientar algo favorável ao oponente.
O Cristianismo é uma invenção de cérebros doentes.
Sou e sempre fui um católico e sempre serei.
Torne a mentira grande, simplifique-a, continue afirmando-a, e eventualmente todos acreditarão nela.
As grandes massas cairão mais facilmente numa grande mentira do que numa mentirinha.
Quando maior a mentira, maior é a chance de ela ser acreditada.
Uma mentira dita cem vezes, torna-se verdade um dia.
Toda propaganda tem que ser popular e acomodar-se à compreensão do menos inteligente dentre aqueles que pretende atingir.
Não é a verdade que importa, mas a vitória.
Vejam as semelhanças com os pensamentos de Hitler.
Não fechemos os olhos, ouvidos e a boca para: a vida, a família e a liberdade! Pode custar muito caro para o Brasil.
#Serra45 para presidente!

Anônimo disse...

Muito bem comentado pelo Sr. Pastor Geremias, que como o Sr Pastor Malafaia não se escondem atras de "saias".
Que dona dil-má, se arrependa dos pecados cometidos antes que o rabudo a leve.

Anônimo disse...

UNIÃO CIVIL é uma coisa. Há julgados (em primeira instância). CASAMENTO é outra coisa. O Serra está certo.

Milanos disse...

Não sou evangélico, sou cristão.Mas tem evangélico que, creio, só sabe "interpretar" e olhe lá....algumas passagens Bíblicas. Aonde está escrito e ou proclamado que Serra é a favor do CASAMENTO gay???Caramba! essa gente não sabe a diferença de um casamento e uma UNIÃO civil? Está na Lei ! Foi isso que o Serra afirmou: há tribunal e ou juíz que RECONHECE a UNIÃO civil para fins de direitos...basicamente os previdenciários...tenham dó!É gente desse 'quilate" que contesta Serra e ou vitimiza a Dilma. E ainda tem aqueles que afirmam que o Serra é a FAVOR do ABORTO e do CASAMENTO gay, sem que o rubor da mentira lhe cubra a face ...é uma DESFAÇATEZ... se é que me entendem...

Ferreira Pena disse...

Pastor Jeremias, torne sua voz e palavras cada vez mais fortes, verdadeiras trombetas a despertar as consciências adormecidas pela má fé ou pelo demônio. Seja um arauto da liberdade religiosa e contra o aborto. Não podemos nos enganar mais, o que está em jogo é o controle da manifestação livre das pessoas e suas crenças. No comunismo e no dito socialismo, as coisas começam assim: controle de imprensa depois controle das manifestações religiosas. ELES NÃO ACREDITAM EM DEUS. O Lula com toda a conversa que governa para o povo, SÓ enganou o povo nesses oito anos. O povo só serviu como massa de manobra. Mentiroso!

Anônimo disse...

Correção de um erro.
Sou o anônimo de 16/10/10,às 22:30:
Onde se lê "...o anticristo vem,mas apressar a sua volta é outra história",leia-se: "...o anticristo vem,mas apressar a sua VINDA é outra história."
José N.Rodrigues
Graça e paz a todos.

Agnaldo Gomes disse...

Vejo com muita preocupação todo este envolvimento da Igreja evangelica com a política.

Até que ponto isto é benéfico para a Igreja?

Quais os reias interesses deste envolvimento?

Tenho muitas preocupações...

Em Cristo,
AGNALDO GOMES venha ver meu último post sobre.. Eleições 2010:A Vergonha Evangélica

Eduardo Vasconcellos disse...

Prezado Pr. Geremias



Gostaria, com todo respeito, de comentar a sua réplica ao texto da carta da Dilma.

No primeiro parágrafo o sr. afirma que ela começa com uma premissa errada, pois a medida do amor de Jesus é o amor à humanidade. No entanto, Jesus ensinou sim que devemos perdoar da mesma maneira que queremos ser perdoados e também que julguemos do modo como queremos ser julgados. Nesse caso, a medida não somos nós mesmos ou nossas atitudes? Esse é o verdadeiro padrão de Jesus.

Depois o sr escreve a respeito dos boatos. Acaso foi verdadeira a declaração de Dilma de que nem Cristo tiraria essa eleição dela?

O PNDH-3, como a própria sigla escreve, é o 3º. O Sr. sabe quando e qual foi o 1º? Se quiser leia em http://www.dhnet.org.br/dados/pp/pndh/textointegral.html#Prefácio. Eu não sou a favor do texto integral do 3º mas, infelizmente, ele reflete o anseio da sociedade civil organizada que participou dos debates e das conferências a respeito desse tema ao longo de vários anos. É leviano afirmar que 20 anos de discussão refletem apenas a vontade do presidente Lula e do PT.

Alguns desses conselhos que o sr. critica são semelhantes aos que já foram criados em outras épocas, como o que regula hoje o conteúdo programático do ensino religioso na escola pública, criado em 1997, como apoio decisivo da Igreja Católica. O Fonaper, que assumiu a função de conselho nesse caso, por lei, dá voz a todas as religiões e credos, e substitui o ensino confessional pelo fenômeno religioso.

A legislação atual sobre aborto data de 1988 e tanto Serra com Dilma são favoráveis a ela. Serra, enquanto Ministro da Saúde, chegou a regulamentar o uso da pílula do dia seguinte (um abortivo) na rede do SUS.

Eu gostaria de saber qual a finalidade das críticas nesse ponto, se uma mudança de posição da candidata é recebida dessa maneira? Se ela fosse criticada e ignorasse a crítica ela seria má do mesmo jeito?

Quanto ao “risco calculado” do PLC 122, não é bem assim. Ocorre que hoje esse projeto, que já passou pela Câmara, está no Senado e depende da votação dessa casa. Não me consta que a Dilma tenha sido deputada ou senadora. Agora, como presidente terá, se eleita, o poder de vetar os artigos que quiser, inclusive os que ela menciona em sua carta de intenções.

Voltando a questão dos reais objetivos da Igreja neste debate, pergunto agora: que benefício trará à Igreja uma legislação que proíbe o aborto? Aumentará o número de salvos? E a união civil dos gays (que agora o Serra defende também), fará com que o joio diminua?

Ao fazer com que leis doutrinárias se tornem civis apenas lograremos um estado secularizado. Semelhante ao Estado judaico (e a lei mosaica) que, de acordo com Paulo em Rm 9.2, “tem zelo de Deus, mas sem entendimento”. Ora, acaso a secularização européia não evidenciou a Igreja de Laodicéia? E a ética acaso conduz o ser humano ao arrependimento?

Melhor para a Igreja hoje é um estado laico sim, que faça frente às leis de Deus e que deixe em evidência a diferença entre o Reino de Deus e o reino dos homens. Assim não haverá tanta confusão para as ovelhas incautas.




Em Cristo



Eduardo Vasconcellos

Eduardo Vasconcellos disse...

Pr. Geremias

Peço desculpas se enviei mais de uma vez o meu comentário pois tive certa dificuldade com o formulário e o navegador. Reenviei depois de algumas horas por achar que talvez não tenha recebido, mas só depois vi que os novos comentários inseridos ainda eram de hoje pela manhã.

Atenciosamente

Eduardo Vasconcellos

Pastor Geremias Couto disse...

Caros:

Por decisão pessoal, achei por bem liberar neste post todos os comentários anônimos e com perfil indisponível.

Abraços!

Anônimo disse...

Caro Pastor.

Sou um cristao e vi seu comentario, trazido por um evangélico.
Muitos aqui se posicionam a favor de nao discriminar Dilma.
Acontece que nao é ela o grande problema. Estao se servindo dela para depois escravizar todos os cristaos ou nao. Temos o dever de nao compactuar com a iniquidade deles. Veja bem é de conhecimento de todos que M Temer o vice de Dilma é um maçon de grau elevado.
E que seu próprio filho, recem convertido ao cristianismo denuncia o próprio pai dizendo ser ele um Satanista.
Entao o que nós cristaos temos de comunhao com estas TREVAS?
Nenhuma e NAO podemos apoiar.
Serra se mostra coerente, amoroso e até paciente com todo o ataque contra seus familiares.
Dentre os dois o mal menor.
Só o reinado de Nosso Senhor Jesus será o correto.
Com a vara de justiça pois a justiça dos homens é como trapo de imundicia.
Que a paz de Nosso Senhor guie os votos de todos os cristaos do Brasil.
Mais do que nunca precisamos agora de verdeiros cristaos!

pastor Marcio F.
Movimento Missionario Mudando Vidas-
.ORG

lucy disse...

Pastor, pelo que saiba quem regulamentou o aborto, no SUS não foi a Dilma e sim Serra. Quem fez aborto não foi Dilma e sim Mônica Serra. Quem se declarou publicamente favorável a união homossexual foi Serra.
Gostaria que o sr. se manifestasse sobre esses meus comentários, claro se publicarem em seu blog.

Daniel disse...

A paz do Sr Pasto Geremias e aos amados irmãos.

Creio que o posicionamento de todos independente de qual lado estejam sejam válidos. Mesmo porque vivemos em um estado democrático de direito. Porém questiono-me, quais os valores cristãos estão realmente sendo discutidos???
Qual o motivo dessa demonização de Dilma (que nunca foi santa) e isenção total do candidato Serra???
Os dois já se mostraram favoráveis as mesmas questões, sem tirar nem por. Não é preciso discorrer sobre, basta ver a história dos dois. Outra perguntinha, desde quando Serra e o PSDB, transformaram-se em defensores do POVO DE DEUS???
Amados, tenho visto essa eleição uma transformar-se numa verdadeira guerra santa, que nunca fez bem a humanidade, é só olharmos para a história.
Querido pastor, o mais coerente, diante do atual quadro é fazer como Marina Silva, a pessoa mais lúcida diante de todo esse processo, deixem o povo livre para escolher.
Que o senhor vos abeçoe em Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Tô com vc Lucy so publicam o que é do interesse deles,de graça ñ ta sendo né?
Pastor seria melhor o senhor pregar a Palavra de Deus,politica ñ foi feita para pastores ainda mais com mentiras como estas.(O diabo é o pai da mentira)espero que o senhor saiba disso e que Deus tenha misericordia da sua vida.Estou envergonhada com tanto terrorismo religioso.

Daniel disse...

A paz do senhor queridos irmãos e amado Pastor Geremias.

Contra fatos não há argumentos. Postei 2 comentários sobre a incoerência na crítica de apenas um dos lados dessa corrida presidencial. E só para reforçar, o candidato José Serra, que se diz do "bem", então deve ter alguem do mal... mostra-se contrário ao aborto, mas a própria esposa já cometeu tal ato, a mesma que afirmou que Dilma é favor de matar criancinhas. Confiram a reportagem no site Terra http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4738104-EI15315,00-Monica+Serra+contou+ter+feito+aborto+diz+exaluna.html.

Só uma palavra final, estou extremamente decepcionado com a postura de muitos líderes cristãos, lembrando que toda meia verdade, esconde uma grande mentira. E sabemos que é o pai da mentira.

Um grande abraço e que continue vos abençoando em Cristo Jesus.

Marcelo Dornelas disse...

Pastor Geremias,
estou envergonhado com a posição de Samuel Câmara em apoiar Dilma Roussef,a princípio pensei que eram boatos ou que ele apenas orou por ela,etc.Mas o apoio à sua candidatura é bem explícito,esse aí parece que naufragou na fé.
http://www.youtube.com/watch?v=QlEJbPSvwuk

Francisco Gondim disse...

Digo ao irmão Marcelo Dornelas que eu estou muito envergonhado e desanimado para pregar o Evangelho po rcausa das posições de todos os pastores que tomaram partido nessa eleição suja. É triste saber que tantos pastores estejam nesse barco furado.

Meu Deus! Deve ser o fim!

Onde estão os homens chamados por Deus para pregar a Palavra de Deus?

Só estou vendo os homens chamados para fazer campanha eleitoral e campanha para adquirir poder nas convenções.

Fernando disse...

Peço que vejam o sermão deste Padre que falou o que muitos não queriam ouvir! e agora ta dando o que falar, acesse:
http://www.youtube.com/watch?v=-9nVdpqMgTc&feature=related

Marcelo Dornelas disse...

Irmão Francisco Gondim,
depois que vi ano passado o apóstolo(!?)Ezequiel Teixeira defendendo a pena de morte em um programa da rede boas novas,já não duvido de mais nada.
A paz do Senhor!