segunda-feira, 27 de junho de 2016

CGADB: acordo ainda não veio e contas estão bloqueadas

.

O possível acordo anunciado entre os pastores José Wellington Bezerra da Costa e Samuel Câmara continua em compasso de espera. Segundo se comenta, teria havido uma conversa preliminar entre ambos em Recife, PE, há algumas semanas, mas desde então não consta ter existido qualquer avanço. Ao contrårio. a Mesa Diretora da CGADB teria recorrido - inclusive fora do prazo - para não pagar a multa, já na cifra de 10.600.000,00, perdendo todos os recursos, por se negar a cumprir a determinação judicial de abrir a conciliação bancária das inscrições feitas para a AGE em Brasília, DF, em 2013.

Com isso, não só as contas bancárias do presidente da CGADB teriam sido bloqueadas, mas também as da própria instituição, em ação já levada a efeito nas respectivas redes bancárias. Corre-se o risco até de as contas da CPAD virem a sofrer o mesmo tipo de sanção. Tudo isso teria sido evitado se houvesse, lá atrás, na prática, o uso de um vocábulo, cujo sentido está muito em falta hoje: transparência. Bastava abrir os números das inscrições pagas pelo sistema bancário, cotejá-las com as inscrições feitas no sistema da CGADB e tudo estaria resolvido. Afinal, como diz o adágio popular, quem não deve não teme. Mas com essa "teimosia" o jabuti continua na árvore.

Por outro lado, a possibilidade de um acordo vai sendo postergada, as conversas não avançam e o que se vê não é o que aparenta. Parece que há um interesse latente em "esticar a corda" até, quem sabe, para passar a ideia que o outro lado é o responsável em deixar a CGADB em "maus lençóis", quando trata-se de decisão judicial e o que se pede é a coisa mais fácil de fazer: a famosa e já folclórica conciliação bancária. Será que conseguiremos ver isso resolvido antes de 2017?

12 comentários:

Pb Fernando disse...

Triste... Muito triste 😞 ver uma instituição do porte da CGADB que a meu ver, é administrada por homens íntegros e honrados envolvida num suposto escândalo de corrupção e assim nos envergonhando. Lamentável!

Sandro Neto disse...

Infelizmente a Ganância dos homens vai tomando todo os rumos de uma sociedade , política, e agora nas igrejas.

Daladier Lima disse...

A se confirmar as suspeitas temos um caso claro de improbidade administrativa e fraude eleitoral. Desfecho danoso cuja origem está na fome pelo poder. Deus anda longe, bem longe desse imbróglio. Berg e Vingren se reviram no túmulo!

Israel Andrade disse...

Isto é vergonhoso. isto nada mais é o apego ao poder do cargo que se transformou-se em uma monarquia e não há uma rotatividade na liderança o que é um grande problema e agora para completar a monarquia "o rei" quer passar o trono para o filho.

PB. João Eduardo Silva disse...

Os filiados da CGADB deveriam se desfilarem dessa convenção badernada!!!

PB. João Eduardo Silva disse...

Ao invés de sustentarem JW, SC e suas respectivas panelas!!!

Ailton dos Santos Pr Ailton disse...

Tem jabuti nessa árvore, ele está aí há 30 longos anos, em abril veremos se ele sai.

Alexandre Neves mongin disse...

Ridículo vermos a instituição envolvida em mais este escândalo.Espero que a justiça divina caia sobre os responsáveis.

Sandro Neto disse...

Verdade amigo, o poder e perpetuado de pai para filho como se fosse uma monarquia.

Mario Sérgio de Santana disse...

Lamentável esse fato. Parece que o poço não tem fundo...

Diná Sousa disse...

E´lamentável a situação os responsáveis não se manifestam sob o caso só ficam as especulações!

Jayr Oliveira disse...

Lamentável dizer s últimos acontecimentos não igrejas de fora e principalmente nas Brasileiras. .