segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Convenções paraenses pedem CGADB em Belém


Essa foi a notícia menos esperada do ano em âmbito assembleiano. Mas acabei de recebê-la por email nesta madrugada, com os fac-símiles das cartas-convite. Por muitas razões que não precisam ser comentadas, acredito que a maioria dos pastores, senão todos, não tinham condições de admitir tal possibilidade. Mas aconteceu. 

A CIMADB (Convenção da Igreja-Mãe) e a COMIEADEPA (Convenção do Estado do Pará) se articularam entre si e formalizaram convite à Mesa Diretora da CGADB para que a próxima Assembleia Geral da CGADB em abril de 2013 seja realizada em Belém. E agora? Como a Mesa Diretora decidirá? Afinal, o óbice que poderia existir - a falta de apoio de um dos lados - já não prevalece. Ambas as convenções concordam e apoiam. Vamos aguardar os próximos desdobramentos. Veja, a seguir, o fac-símile de ambas as cartas:






15 comentários:

João Emiliano Neto disse...

Olá Reverendíssimo Pr. Couto. A Paz!

Bem, parece evidente a muita gente que a incipiência da CGADB aqui na capital do Pará, aonde por revelação divina a AD deveria nascer, ocorre sobretudo por disputas políticas. Ninguém toca no nome da CGADB aqui em Belém, pelo menos na Igreja-mãe das ADs. Há lideranças até mesmo criminosas ousadas, soberbas, intragáveis que se levantam na Igreja de Cristo querendo destruir o próprio caráter cristão. Pena mesmo.

Enfim, queria dizer de que bom mesmo é que a AD articulasse a fundação de uma política interna mais cristã, mais unida, amorosa através de uma aliança nacional ou até mundial de ADs, se é que não há, pois ser cristão é ser conhecido por muito se amar.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado Pr. Geremias.

Posso estar errando em pensar que a decisão para solicitar que o próximo evento de eleições ao cargo de presidente da CGADB seja em Belém do Pará tenha ocorrido por conta da existência Terceira Via. Mas eu acredito assim.
Com certeza será uma AGO bem diferente do que já houve na história da instituição CGADB. E isso tem como peso diferencial a Terceira Via.

As figuras dos pastores Gilberto Marques, José Wellington Bezerra da Costa e Samuel Câmara juntas não é algo comum de se ver. Esperamos que haja consenso entre todos, para que o pleito transcorra em paz e glorifique a Deus, independente de qual lugar for escolhido para a realização da AGO 2013.

Há notícias de bastidores afirmando que outras lideranças protocolarão pedido para que as eleições sejam em Belém do Pará. Mas, ainda não encontrei a confirmação disso.

Abraço.

E.A.G.
http://belverede.blogspot.com/

Terceira Via - CGADB disse...

Não sei se tal decisão seria boa. Acho que a eleição deveria ser realizada num Estado neutro ao processo. Tanto São Paulo quanto Pará estão impregnadas das rusgas da eleição passada. Vamos ver.

Pastor Geremias Couto disse...

Primeiro recebemos a notícia, confirmada pelos fac-símiles das cartas-convite, para que a CGADB realize a Assembleia Geral Ordinária de 2013 em Belém, PA.

Agora, correm boatos de que o pastor Samuel Câmara "devolveria" a AD de São José dos Campos, SP, ao Belenzinho em troca do apoio do pastor José Wellington Bezerra da Costa à sua candidatura a presidente da CGADB.

Estariam os valores do Reino de Deus falando mais alto no coração desses líderes ou o incômodo com a Terceira Via seria o motivo para essa suposta aproximação?

A conferir.

Anônimo disse...

Apóio a mesma idéia do senhor, Pr.Geremias do Couto: Penso que um "Estado neutro" na Federação seria uma benção pois assim apagaria mais e mais rusgas da última AGO, que foi em Serra-ES. Não sou de lá e nem moro lá mas sugiro que seja no Nordeste, em Imperatriz-MA: Lá está o 2º maior templo evangélico da América Latina(15000 pessoas sentadas).

João Emiliano Neto disse...

A minha pobre Belém continuará sempre a menorzinha das cidades - apesar de seu brasão d'armas dizer o contrário - perante a empáfia de certos proto-pastorzinhos-mandões não adestrados.


Soli Deo gloria!

Anônimo disse...

a minha opinião, particularmente não acredito que essa chamada TERCEIRA VIA venha a ter candidato próprio, digo, candidato de notório conheciemnto nascional, ou seja, que tenha liderança em nivel de Brasil, os nomes que os colegas apresentaram em artigos publicados na internet e nos blog não representam empatia suficiente para uma futura eleição, por outro lado os nomes de liderança nacional estão afinados com a atual administração e não abrirão mão de seus vinculos que anos caminham juntos; caso venha aparecer um nome será apenas um nome e que no fritar dos ovos se resume em o dualismo que ja conhecemos; portanto, não creio que essa TERCEIRA VIA alcansará seus objetivos finais; porém, não posso deixar de falar que sempre sou a favor de muitas vias, não apenas três.

(retirAdo do blog do pr. mauricio brito)
http://prmauriciobrito.blogspot.com/2011/12/terceira-via-da-cgadb-quem-sera-o.html

Pastor Geremias Couto disse...

Caro Pr. Maurício Brito:

Prefiro ficar com o final do seu texto: "Não posso deixar de falar que sempre sou a favor de muitas vias, não apenas três". Se a Terceira Via lograr esse resultado, ou seja, ter mais de dois candidatos (três, quatro) em condições de concorrer, já terá sido um grande avanço.

Quanto a Terceira Via em si mesma, alguns poucos como o irmão não acreditam em seu sucesso. Fazer o quê? É o direito de cada um. Mas não é o que percebo em minhas viagens pelo Brasil. Mas neste tópico, por questões estratégicas, fico por aqui.

Porém cabe repetir, mais uma vez, entre dezenas de outras, que a Terceira Via é uma proposta, não um nome. Este só será conhecido quando o projeto estiver bem consolidado e for fruto do entendimento entre todos os que estiverem caminhando com a proposta. Não será alguém tirado do bolso do colete.

Quanto aos diversos nomes mencionados em alguns espaços do mundo virtual, inclusive aqui, sem tirar o mérito de cada um deles, são especulações de quem comenta em nossos posts e não afirmações dos que sustentam a proposta da Terceira Via. Repito: não há nome e, quando houver, poderá surpreender.

Por fim, meu caro pr. Maurício, em tese não há como surgir um nome fora desse "dualismo" que o irmão sugere. Afinal, o candidato tem de ser associado à CGADB e, ao longo dos últimos anos, queiramos ou não, todos estivemos de um lado ou de outro, a não ser os que se abstiveram ou os que não compareceram para votar.

Termino dizendo que a caminhada ainda nem começou. Estamos no início. Ninguém deve ser subestimado. Muitos perdem o bonde da história por subestimar os outros que estão na estação.

Abraços!

Anônimo disse...

Estou achando que o Nobre Pr Geremias, está se Autopromovendo, querendo ser o Próprio a 3ª Via...

Pr. André Santos

Pastor Geremias Couto disse...

Meu caro "Pr. André Santos":

Quem entra na chuva está sujeito a todas as intempéries, inclusive julgamentos equivocados.

Tenho duas opções:

1) omitir-me, para ficar bem com todos, e não ter de enfrentar esse tipo de juízo de valor, e

2) Agir com lisura, visando um propósito sem me preocupar com aqueles que verão outras coisas, como é o seu caso, além do que está sendo dito.

Optei pela segunda alternativa. Alguém tinha de iniciar o movimento da Terceira Via. Este clamor era claro entre muitos ministros da CGADB. O que fiz foi apenas tomar a iniciativa e catalizar o sentimento para o leito próprio.

No que Deus fará lá na frente, não me cabe interferir. Por enquanto, a Terceira Via é uma proposta, não um nome. Esse (e dos demais candidatos à Mesa) sairá do consenso dos pastores que estiverem apoiando a proposta.

No entanto, cada manifestação como a sua nos permite promover a proposta de tal maneira que, hoje, já se alastra por todo o Brasil.

Deus lhe abençoe, caro "Pr. André Santos".

Anônimo disse...

O que Acho interessante é que muitos enquanto estão desfrutando de algumas regalias, tudo é bom, perfeito, honesto, pregam a continuidade etc. Após perderem as "regalias", viram-se contra.
Desculpe-me, mas Acho um tremendo FARISAÍSMO!!!

Pr. André Santos.

Pastor Geremias Couto disse...

Caro "Pr. André Santos":

O senhor tem todo o direito de expressar as suas opiniões e, embora este blog não acolha anônimos, também não costuma acolher comentários de quem não temos condições de identificar.

Não é melhor o senhor identificar-se com clareza da próxima vez? Por exemplo, qual é o seu número de registro na CGADB? Seria uma boa maneira de provar que não se trata de "fake".

Em Cristo,

Pastor Geremias Couto disse...

Agora para esclarecer alguns pontos do seu comentário, caro "Pr. André Santos":

1. Não perdi "regalia" alguma. Quem tomou a decisão de não participar dos eventos da CPAD foi eu por conta do imbróglio da Bíblia Dake. Dê-se ao trabalho de pesquisar. A blogosfera evangélica toda sabe disso.

2. Quem renunciou ao Conselho Político da CGADB foi eu, depois de ter sido outra vez indicado contra a minha vontade. A carta-renúncia foi aqui publicada. Dê-se ao trabalho de pesquisar. A blogosfera evangélica toda sabe disso.

3. Quem abre mão por sua própria decisão não perde, ganha. É atitude. É personalidade.

4. Farisaísmo, caro "Pr. André Santos", é não concordar com o que se passa, mas para não "perder" as "regalias" fazer de conta que tudo vai bem, "não é mesmo"?

Não seja pau-mandado e não fale daquilo que não sabe... ou sabe, mas finge não saber.

Abraços!

Pastor Geremias Couto disse...

Caro "Pr. André Santos:"

Não é mais fácil o senhor assumir a sua identidade e de cara aberta vir aqui e expor a sua opinião, embora sem consistência alguma?

Quem se esconde atrás de "fakes" é pusilânime e não tem caráter.

Ou será que eu terei de dar aqui pistas, inclusive mencionando o seu IP e até mesmo identificando-o, para que a sua hipocrisia e altivez sejam expostas?

Não insista com esses comentários ou terei de expô-lo em praça pública.

Pr Marcos Belizario disse...

A paz do Senhor Pr Geremias,
acreditar que a CGADB possa fazer a Convenção em Belém é "muito", mas como já foi comentado acima poderia ser em um estado neutro.Com certeza a 3ª via pode ser de muita importância neste momento mesmo para alguns céticos que não a aceitam.
Em tempo: O Pr. Antonio S. Santana, presidente da AD em Ribeirão Preto foi eleito 1ºVice presidente da COMADETRIM neste final de semana.
Prossiga nesta força, abraços.
Pastor Marcos Belizario