segunda-feira, 16 de agosto de 2010

COMO BILLY GRAHAM DEFINE A IGREJA


Estou lendo o livro de Billy Graham, Storm Warning, completamente revisado e atualizado pelo conhecido evangelista. Ganhei de presente ao final do Festival de Esperança em Belo Horizonte, no mês de maio. Relançado pela Thomas Nelson, espero que brevemente a editora lance a sua nova versão em português no Brasil.

Estou empolgado com a obra. Quem puder adquiri-la em inglês faça-o, pois vale a pena. É a mensagem profunda de um homem, que, do alto de seus 92 anos, reafirma sua fé na inspirada Palavra de Deus e adverte para as grandes tempestades que se aproximam. Li o trecho abaixo ontem à noite. Tomei a iniciativa de publicá-lo no blog por entender que este é o verdadeiro retrato que a Bíblia faz do que é a Igreja de Cristo.

A primeira parte está em inglês. A tentativa de tradução vem logo a seguir.

"Church is not the place to promote programs but to profess faith. The church is not to be pliable but principled. The church is not to be preoccupied but prevailing. The church is not perfect but predestined. The church is not philosophical but predetermined. The church does not pressure or pollute but pronounces and protects. The church does not prey on the lost; it prays for the perishing. The church does not pollute the mind; it provides food for the soul. The church does not profane the truth; it possesses God’s Word. The church is not passive or progressive; it is purging and possessive. The church should not reflect pop culture but portray goodly attributes. The church should not seek pleasures but seek after God. The church should not promote anything – but preach Christ only. The church platform is not a playground but the place of proclamation. The church is not to reflect the world but to be a portrait of Jesus Christ. The church is not a public institution – Christ purchased it with His purifying blood. The church should not work for its own profit; it is Christ’s priceless possession. The church’s lectern is not a politician’s prop, but a preacher’s pulpit. And finally, the church is a place to pray for those who do not know Christ and to praise the Savior for making a way for salvation if they will only believe."

"A igreja não é o lugar para se promoverem programas, mas professar a fé. A igreja não deve ser maleável, mas fundada em princípios. A igreja não é para estar preocupada, mas viver em vigor. A igreja não é perfeita, mas predestinada. A igreja não é filosófica, mas pré-determinada. A igreja não faz pressão ou conspurca, mas pronuncia e protege. A igreja não espolia os perdidos, mas ora pelos que estão perecendo. A Igreja não polui a mente, mas provê alimento para a alma. A igreja não profana a verdade; ela possui a Palavra de Deus. A igreja não é passiva ou progressiva; ela é purificante e possessiva. A igreja não deve refletir a cultura pop, mas retratar bons atributos. A igreja não deve procurar os prazeres, mas buscar a Deus. A igreja nada deve promover, mas pregar apenas a Cristo. A igreja não deve ser arrogante, mas principesca – somos filhos do Rei. A plataforma do púlpito não é um playground, mas um lugar de proclamação. A igreja não deve refletir o mundo, mas ser um retrato de Jesus Cristo. A igreja não é uma instituição pública – Cristo a comprou com o seu sangue purificador. A igreja não trabalha para o seu próprio lucro; ela é possessão inestimável de Cristo. O púlpito da igreja não é suporte para um político, mas o lugar do pregador. E, finalmente, a igreja é um lugar para orar por aqueles que não conhecem Cristo e adorar o Salvador por abrir um caminho para a salvação se eles apenas crerem".

15 comentários:

Edinelson Lopes disse...

Graça e paz Pr. Geremias

É um prazer poder me dirigir ao senhor em nome do ministério Siga o Mestre.

Creio não ser necessário tecer qualquer elogio sobre a matéria acima, mas para todos os efeitos ela me foi clara e transparente. Oxalá muitos púlpitos trouxessem esta mensagem.

Gostaria de convidá-lo a conhecer nosso site e nossas publicações, todas voltadas para evangelismo e missões de forma simples mas prático, pois acredito realmente no poder da simplicidade do evangelho. Mesmo porque, creio que o bom resultado vem do SENHOR e não de nossos esforços, vem antes do Espírito.

Deus o abençoe!SIGA O MESTRE

Anônimo disse...

Excelente!Se apenas pudéssemos viver essa simplicidade... nossas igrejas refletiriam a glória de Deus. Deus o abençoe!

José de Sousa disse...

Caro pastor! Sou apenas um crente de banco. Mas sempre vi com muita restrição e tristeza a presença de políticos nos púlpitos de nossas Igrejas. Alguns pastores inclusive tentam passar a Idéia de que candidatos (e apenas candidatos) já são autoridades.
Que o SENHOR tenha misericórida de nós, porque se isto está acontecendo é porque já não oramos mais. O culpado sou eu.

Alan disse...

A Paz de Cristo Jesus, meu irmão!

Que Deus abençoe que este livro seja lançado em português!
Sempre admirei Billy Graham!

Gostaria de te convidar a opinar em meu blog sobre o tema discipulado cristão!

Sua participação é muito importante.

Deus te abençoe! Grato!

Alan
www.manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com

Alan disse...

Amado irmão, adicionei o seu banner em meu blog:

www.manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com

Se possível, adicione meu link, pois não tenho baneer!

Deus continue te abençoando!

Ev. Alan

Paulo Teixeira disse...

Pr. Geremias, a paz de Cristo.

Com linguagem simples Billy Graham traduz o que é a essência da igreja.

Muito bom texto.

Parabéns e que Deus o abençoe grandemente.

Pb. Paulo Teixeira (www.holofote.net)

Anônimo disse...

Pr. Geremias do Couto, Graça e Paz,

É lamentável reviver as mazelas da união Estado-Igreja através do campo político. Será que nossos líderes não conhecem um pouco de História da Igreja? O quão maléfico sempre foi esse tipo de aproximação com o Estado/política . É verdade que não podemos está omissos e distantes da política, como cidadãos e pessoas inteligentes e preocupadas com o futuro do Estado, da Igreja e com aqueles mais desprovidos do auxilio do Estado. Mas deixar nossos púlpitos e reuniões de “adoração” se tornarem palcos para “show-míssios” é o extremo. Por muito menos Cristo expulsou do Templo aqueles que queriam fazer da Casa de Deus, casa de mercador. (Mt 21.12-13).
Parabéns por essa iniciativa. Não podemos calar, quem sabe esse tipo de grito ecoa ao longe.

Antônio Lôbo
8º Periodo(Noite)Faecad

Presb. Fabio Scofield disse...

Olá! Pr. Geremias, Graça e Paz...

Parabéns por nos transmitir essas verdades, que infelizmente estava em uma língua conhecida, porem nem todos a dominamos.
Gosto muito do seu trabalho, já estou seguindo o seu blog, e tomei a liberdade de colocar o seu banner no meu post de divulgação.
Deus abençoe ricamente a sua vida e ministério...

Matias Borba disse...

Pr. Geremias do Couto,

Não há mais nada a dizer, este homem de Deus conhece a verdadeira visão do evangelho e disse toda a verdade. Bom seria se todos os pastores brasileiros, entendessem todas essas verdades sobre a igreja.

Abraço!

Cláudio Ananias disse...

Graça e Paz PR. Geremias!

Excelente livro. Assim que tiver oportunidade vou adquirí-lo.

Gostaria de saber se posso reproduzir em meu blog a frase "O púlpito da igreja não é suporte para um político, mas o lugar do pregador", pois estou colocando algumas postagens sobre o cristão e a política. (citarei a fonte)

Em Cristo,
Claudio Ananias
(claudioananias.blogspot.com)

rico disse...

OLÁ PR GEREMIAS, SOU PAULO CHENG (RICO CHENG), MORO EM OLINDA E FAÇO PARTE DA IGREJA CONGREGACIONAL EM JARDIM BRASIL. ENCONTREI SEU BLOG E GOSTEI MUITO. EXCELENTE LAYOUT E ÓTIMAS MATÉRIAS. TENHO UM BLOG TAMBÉM, SE CHAMA 'A SOMBRA DA CRUZ VAZIA' BLOG DE CUNHO EVANGÉLICO, MAS QUE ABORDA ASSUNTOS DIVERSIFICADOS COMO MUSICA, POLÍTICA, ATUALIDADES ETC. ENTRA NELE E ME DIZ O QUE ACHOU. CASO VC TENHA GOSTADO E QUISER COLOCAR O LINK NA SUA PÁGINA NAS INDICAÇÕES DE BLOGS EU AGRADEÇO. ESTOU ABRINDO ESPAÇO PARA QUE OS LEITORES INTERAGAM E MANDEM TAMBÉM SUAS MATÉRIAS OU DEEM SUGESTÃO DE MATÉRIAS PARA POSTARMOS. CASO VC QUEIRA MANDAR ALGUMA VOU DEIXAR O MEU E-MAIL AQUI E O LINK DO MEU BLOG, OK?
FICA NA PAZ DE JESUS.

http://asombradacruzvazia.wordpress.com/

E-MAIL: ricocheng13@hotmail.com

Moisés Carneiro disse...

Parabéns nobre Pastor Geremias,

Acesse meu novo blog, me adicione e siga-me novamente por favor. Será um privilégio tê-lo comigo.

Um grande abraço, amado.

No Senhor.

Pr. Moisés Carneiro

leviboasorte disse...

Pr. Geremias a paz do Senhor,

O Pr. Billy Granham descreveu muito bem o que é, e o que não é Igreja. O meu desejo é que a liderança da Igreja possa ter também esse pensamento. Para que o Espírito Santo possa trabalhar nos corações das pessoas.

Ronaldo Corrêa disse...

A paz do Senhor Pastor!

Louvo ao Senhor pela sua vida e pela de nossos dedicados e profícuos teólogos e escritores pentecostais braileiros como o senhor - especialmente os da CPAD.

Fui assinante da revista Cristianismo Hoje (http://cristianismohoje.com.br/), uma "versão brasileira" da revista norte-americana Christianity Today (http://www.christianitytoday.com/), criada pelo Pastor Billy Grahan, e pude conhecer alguns de seus bons artigos (inclusive uma excelente entrevista recentemente publicada, realizada com o nosso amado Pastor Antônio Gilberto).

Fui também por um longo período assinante da revista Chamada da Maia Noite (http://www.chamada.com.br/revistas/), e também me enriqueci com aprofundados estudos ali publicados.

Em uma certa edição - que agora não consigo identificar - a revista Chamada da Meia Noite publicou um texto bastante contundente acerca da "mistura" da teologia cristã com outros princípios, professados por pessoas como Madre Teresa de Calcutá, Mahatma Gandhi e o Pastor Billy Grahan. E apontou a revista Cristianismo Hoje como um dos "bastiões" do ecumenismo nacional, o que não é totalmente inverídico.

A Revista Chamada incluiu o Pastor Grahan no rol dos ecumenistas, e apontou o envolvimento da Igreja Católica Apostólica Romana no financiamento de algumas de suas mega-cruzadas.

Emfim, lançaram sobre ele a seriíssima acusação de ter-se "vendido" ao ecumenismo no final de sua carreira.

Como educador cristão, pai e servo do Senhor, necessito - com otodos nós - de esclarecimentos e, se possível, seu posicionamento e análise sobre a acusação da revista Chamada da Meia Noite.

A propósito, os articulista aludida revista reiteradas vezes atacam o Pastor Graham, como nos excertos abaixo (acompanhado dos links das matérias).

(Billy Graham, que há décadas abandonou sua posição fundamentalista, recentemente disse não estar certo se o dilúvio de Noé foi realmente de âmbito mundial. O New Bible Commentary da InterVarsity também afirma: "A narrativa (bíblica) não relata diretamente um dilúvio universal...") http://www.chamada.com.br/mensagens/fundamentalista.html

(No entanto, Billy Graham insistiu: “o islã é mal entendido... Maomé tem grande respeito por Jesus. Ele chamou Jesus de o maior dos profetas depois dele mesmo. Acho que estamos mais próximos do islamismo do que pensamos...” Sim, tão próximos quanto a distância entre o céu e o inferno! Criticando Falwell e Franklin Graham por falarem a verdade, a revista Cristianity Today declarou: “O islã não teria se tornado a segunda maior religião do mundo se fosse... completamente maligno como sugerem esses comentários”.) http://www.beth-shalom.com.br/artigos/errado.html

Em Cristo,

Ronaldo Corrêa
Cuiabá/MT
(COMADEMAT)

remanecente disse...

pr.geremias,é uma temeridade observar meio a esta leitura,que não temos feito nada porque com este retrato da igreja muito bem revalado nota-se que o que temos refletido em seculos e decadas são apenas xerox bem desgastadas que Deus cotinue abençoando billy grahm!.