terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mensageiro da Paz publica novo artigo de minha autoria

A edição de março do Mensageiro da Paz traz novo artigo de minha autoria, onde trato de um tema contemporâneo. Sua discussão, bastante polêmica, de modo geral, tem dado panos para mangas.

É grave a responsabilidade quanto ao nosso posicionamento diante do fato ao qual aludo.

Não deixe de adquirir o jornal e compartilhe, também, a informação com os seus amigos. Presto, assim, a minha contribuição à grande mobilização da igreja no país quanto ao tema.

Ler a matéria certamente lhe ajudará a somar forças diante desse grande desafio.

12 comentários:

Jossy Soares disse...

Esterei atento.
Gosto de seus escritos.

Matias Borba disse...

Com certeza!

Particularmente Vejo seus artigos como um dos melhores no mensageiro, é sempre bom aprender com tão conceituado periódico.

Deus abençoe!

Franciney disse...

Qual é o título do "tema contemporâneo" o pastor pode falar ou temos que comprar o periodico para sabermos o tema?

O pastor pode dar alguns pitacos aqui no blog para refletirmos?

Deus o abençõe.

Cordialmente em Cristo,

Franciney R. da Silva

Pb. ELIÚDE SENA disse...

Louvo a Deus pelos seus escritos que tem servido de Benção para a minha vida e rogo a DEUS que continue lhe usando como sempre tem usado...

despeço-me na paz do Senhor Jesus...

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Geremias do Couto!
Graça e Paz!
Louvo a Deus pela sua vida e aguardo com ansiedade o referido artigo.

Permaneça em sua marcha de nos levar a refletir.

Isso é um talento que poucos têm, o de levar o leitor à uma reflexão, o que está acima de simplesmente expressar uma opinião.

Um grande abraço!

Pr. Carlos Roberto

Pastor Geremias Couto disse...

Caros irmãos:

Agradeço sinceramente pelo interesse no artigo. Sugiro-lhes que adquiram o jornal. Depois farei comentários adiconais a respeito no blog.

Abraços

PB.JAILSON TRAJANO disse...

Eestarei com certeza lendo e repasando essa sua postagem!
Paz!

Pb. Gilvan Paz disse...

Prezado Pr. Geremias do Couto,
A Paz do Senhor!

Também estou na expectativa de conhecer a matéria abordada.

Deus continue te abençoando nesse Ministério. Pelos seus ensinos e reflexões, somos abençoados.

Fraternalmente,
Gilvan Paz.

cincosolas disse...

Pr. Germeias,

Assim não vale!!! Só "atiça as lombrigas" da gente.

Como não tem banca evangélica em minha cidade, vou ter que achar um assembleiano que assine o jornal.

Ou esperar que saída a edição das bancas o irmão divida uns pedacinhos com a gente.

Deus o abençoe.

Em Cristo,

Clóvis

Pastor Geremias Couto disse...

Caros Jailson, Gilvan e Clóvis:

A melhor comida, mesmo que seja simples e sem nenhuma sofisticação,torna-se mais atraente quando é desejada. Estou procurando criar esse clima. Espero que não se decepcionem.

Abraços

Pastor César Moisés disse...

Caro Mestre Geremias do Couto

Acabo de ler o seu artigo na página 18 do MP deste mês.

Concordo perfeitamente com a problemática levantada nos últimos parágrafos do texto. Aliás, de nada adianta a denúncia se não houver o anúncio. E é exatamente isso que o preclaro companheiro fez.

Existe uma heterofobia desvelada que ameaça (sem falar na Lei de Deus) a nossa liberdade de expressão, os padrões da normalidade (a mim, particularmente, para distinguir alguém como masculino/feminino ou homem/mulher, acredito que ainda vale o método antigo: o orgão genital, isso mesmo, basta olhar um palmo abaixo do umbigo que o negócio está resolvido! Ou será que daqui a pouco alguém sugerirá que deve assim se dizer à mãe: "Olha, o orgão genital é masculino, mas vamos esperar a criança crescer para decidir o que ele QUER ser!!!) e o próprio genêro natural.

É evidente, como o texto deixa claro, que existe uma orquestração e uma ditadura minoritária tentando, coercitivamente, exercer uma hegemonia sobre a sociedade maior. Entretanto, faço coro com o seu ponto de vista, isto está acontecendo por sermos relapsos e desarticulados.

Encerro aqui minha participação no post, aguardando outros pronunciamentos para que possamos aprofundar o assunto um pouco mais.

Abraços

Pastor Geremias Couto disse...

Caro César Moisés:

Ainda não recebi o meu exemplar do Mensageiro da Paz, mas pelo seu comentário percebo que o jornal já está em circulação. Vamos aguardar que outros o leiam para que possamos interagir a respeito do tema. Mas a pesquisa da Perseu Abramo, mostrando que 99% dos brasileiros têm, na visão dos pesquisadores, alguma forma de "preconceito" contra os homossexuais permite não só as análises que fiz no artigo, mas outras que, certamente, complementarão o que escrevi.

Como você deixou entrever, seria bastante cômico (para não dizer trágico) deixar o bebê crescer em dúvida, já com o órgão genital definido, para que decida o que ele quer ser quando crescer!!! Vergonhoso! Mas é o que querem os ideólogos do movimento gay.

Abraços