sexta-feira, 23 de novembro de 2007

SOBRE A CARTA DE ESCLARECIMENTO PUBLICADA NO BLOG DO PASTOR SAMUEL CÂMARA

Gostaria de publicar esta resposta no blog do pastor Samuel Câmara, onde, a guisa de esclarecimento, foi publicada uma carta assinada pelo pastor Nelson Cardoso (por quem tenho profundo respeito e admiração), no exercício da presidência da igreja em Belém, com explicações sobre os supostos motivos que levaram a igreja-mãe a não usar a revista da Escola Dominical deste trimestre, de minha autoria, publicada pela CPAD. Mas em razão de o espaço democrático para comentários de terceiros não estar liberado lá, pelo menos até agora, obrigo-me a fazê-lo aqui, na seguinte ordem:

1. Inicialmente, registro a data em que a carta foi postada: 14 de novembro, ou seja, dois meses após a decisão de não se usar a revista em Belém ter sido tomada, conforme indica o próprio teor da correspondência enviada ao Diretor Executivo da CPAD, irmão Ronaldo de Souza, sem que conste nela, todavia, a data em que foi expedida. Por aí se vê que a decisão de torná-la pública demorou bastante, quando, num caso assim, a meu juízo, se é para esclarecer, essa medida teria de ser imediata. Por que só agora, depois de dois meses, a carta é tornada pública? O motivo teria sido a reprovação generalizada em todo o Brasil, no âmbito da Assembléia de Deus, ao pastor Samuel Câmara pelo equívoco da decisão? Ora, a própria carta caracteriza a medida como algo de cunho estritamente pessoal, já que as revistas dos próximos trimestres voltarão a ser adquiridas, como deixou claro o remetente. Julguem os senhores.

2. A carta esclarece que a decisão teria sido motivada por terem tomado conhecimento de que o autor da revista, abandonando a postura equilibrada, publicou textos inverídicos e tendenciosos sobre a Igreja em Belém e sua liderança, e que, pela “ausência de credibilidade do comentarista nos referidos escritos”, houve indisposição generalizada de se usar a revista em Belém neste trimestre.

3. Quanto ao ponto acima, agradeço apenas pelo reconhecimento do equilíbrio deste comentarista, implícito na frase “abandonando a postura equilibrada”, o que, de certo modo muito me honra, pois sempre procurei pautar minhas ações à luz desse equilíbrio, inclusive nas minhas claras divergências com o pastor Samuel Câmara, expostas à luz do dia, o que em nada me constrange de estar eventualmente ao seu lado em projetos que engrandeçam o Reino de Deus. Erra, no entanto, o autor da missiva, a quem muito prezo e considero, quando pressupõe que de maneira desequilibrada escrevi "textos inverídicos e tendenciosos sobre a Igreja em Belém e sua liderança”. Não é verdade que isto tenha acontecido.

4. Comecemos pelo meu blog. Desde o mês de maio, quando introduzi o contador de visitas aqui, foram já registrados mais de 33 mil acessos e estou absolutamente seguro que ninguém jamais encontrou qualquer texto de minha autoria que, ao menos de leve, fizesse qualquer referência malévola à Igreja de Belém, aos seus pastores, obreiros e membros em geral. Se alguém encontrar um que seja, disponho-me a viajar ao Pará às minhas expensas e publicamente pedir perdão aos queridos e amados irmãos da igreja-mãe. Quanto ao Mensageiro da Paz, lanço também o mesmo desafio. Pesquisem as suas páginas. Se houver um ranço, por pequeno que seja, de alguma nota onde este comentarista se tenha reportado de forma pejorativa à igreja-mãe, aos seus pastores, obreiros e membros em geral, cumpro também o mesmo compromisso. Sempre honrei a Igreja de Belém e por ela sempre fui honrado nas vezes que lá estive.

5. Ora, se as alegações acima não correspondem aos fatos, qual seria então o verdadeiro motivo para a suspensão do uso da revista em Belém? Já me reportei a ele aqui outras vezes, mas a própria carta traz algumas pistas. Para o bom entendedor, uma palavra basta. A razão foi, aí sim, a crítica equilibrada (como é próprio de minha conduta, reconhecida na própria missiva), honesta e baseada em fatos conhecidos por centenas de pastores em todo o Brasil ao comportamento equivocado do pastor Samuel Câmara como candidato a presidente da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil na última eleição. Em nenhum momento a Igreja de Belém foi envolvida. O meu foco foi exclusivamente relacionado - e não mais do que isso - ao papel do pastor Samuel Câmara como postulante ao cargo máximo de nossa denominação. Expressei tais críticas no artigo “Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós...”, publicado na edição do mês de maio deste ano do Mensageiro da Paz, e em alguns artigos, em tese, que vieram à luz neste blog, nos meses após a realização da Assembléia Geral em São Paulo. Quem quiser conferir, fique à vontade. E pode interagir comigo, se o desejar. Quanto a isso, como é do meu feitio, assumo e reafirmo o que fiz, com o mesmo equilíbrio de sempre e a credibilidade construída ao longo de mais de 30 anos de ministério. E o farei publicamente, na presença do próprio pastor Samuel Câmara, na primeira oportunidade que tiver para tratar do assunto no fórum adequado.

Por ora, é o que tinha a dizer.

PS 01: O inteiro teor da correspondência pode ser encontrado no blog: www.samuelcamara.blogspot.com

PS 02: Para a glória de Deus, fui informado que no dia em que todo o Brasil estudou a lição sobre “A Promessa do Batismo no Espírito Santo” dezenas de irmãos em vários lugares do país receberam a bendita e gloriosa promessa do Pai.

PS 03: Esta foi uma das revistas da CPAD de maior tiragem, nos últimos meses.

36 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro amigo Pr. Geremias do Couto!
Parabéns pelo artigo!
Como sempre, pautado no esclarecimento sincero, transpaente e equilibrado como convém a servos de Deus.
Sua lavra dispensa qualquer comentários adicionais.
Quero registrar que, aqui em Cubatão, vários irmãos também receberam o batismo com o Espírito Santo, com a evidência de novas línguas, durante o ensino da supracitada lição naquele domingo.
Glórias ao nome do Senhor e parabéns pelo seu trabalho.
Divergências à parte, a Igreja segue caminhando.
No amor do Mestre,
seu admirador,
Pr. Carlos Roberto

Graça Souza disse...

A paz do Senhor.
Pastor, fiquei admirada de tal atitude, vinda do pastor Samuel em relação a vossa pessoa; afinal pra que fomos chamados senão para pregar o Evangelho? Será que tal qual os ímpios queremos o estrelato? Deus continue iluminando corações como o seu. Nós aqui em Santo Antonio de Jesus-BA, estamos aproveitando o máximo para juntos com os nossos irmãos aprender mais como viver a vida cristã. Temos tido êxito e rendimento na EBD. Parabéns mais uma vez pelos assuntos mencionados na lição. Deus o abençoe.Irmã Graça

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro pastor e amigo Carlos Roberto:

Que bom receber as boas notícias de Cubatão relacionadas aos crentes que aí foram batizados no Espírito Santo no dia em que a supracitada foi lecionada.

No hora em que terminei de escrever o aludido comentário, essa foi a minha oração e Deus a respondeu, como testemunham os crentes que receberam a promessa do Pai no ministério que o seu pai, o honrado pastor Josias Almeida, pastoreia, bem como em outras partes do Brasil.

Quanto a minha resposta à carta de esclarecimento publicada no blog do pastor Samuel Câmara, os que me conhecem, como o irmão, sabem o quanto prezo a nossa igreja e a postura de equilíbrio que sempre adotei, sem, no entanto, desprezar a verdade e lutar por ela. É assim que procuro agir, com a graça de Deus.

Obrigado pela sua manifestação.

Daladier Lima disse...

Acompanhando a "polêmica" daqui pareceu-me seguinte:
1) Não houve um processo eleitoral muito adequado, apesar de estar prevista uma candidatura ou mais de oposição. O especialista Max Geringher recomenda que a "rádio-patrão", a "central de boatos", se desfaz numa organização, quando existe transparência da informação;
2) A feudalização, um processo arcaico de administração de recursos e pessoas, é uma realidade em nossas igrejas. A principal característica do feudo é o domínio do status quo. Dele poucos querem abrir mão;
3) A vitória do Pr. José Wellington não foi digerida pelo Pr. Samuel Câmara. Partidirizam-se os votos, mas a mentalidade assembleiana, não está disposta ao processo, então...

Vamos em frente, porque "as voltas que o mundo dá" não se atêm a uma eleição para presidente da CGADB, ou corremos o risco de perder o bonde.

Em tempo: sugira ao Pastor José Wellington a imediata aplicação de algumas sugestões do "programa eleitoral do Pastor Samuel", sob pena, da vitória ser um espectro e um peso. E não votei em nenhum dos dois, porque não pude estar presente na Convenção.

Abraços, na paz do Senhor. O Senhor da Assembléia de Deus, do Pastor José Wellington e do Pastor Samuel Câmara!

Visitem http://daladier.blogspot.com - Reflexões Sobre Quase Tudo

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

A paz do SENHOR! Pastor Geremias do Couto, li o seu artigo no MP e ali não há nenhum agravo a igreja de Belém. Concordo que o texto é equilibrado e faz uma crítica a postura imprópria do líder de Belém. Mesmo se houvesse esse agravo, não haveria motivo para suspender as Lições Bíblicas. Essa atitude mostrou infantilidade por parte de Samuel Câmara.
Só lamento que a última AGO mostrou uma Assembléia de Deus dividida. Não gostei dessa postura do pastor Samuel, mas não achei legal o pastor José Wellington criticar abertamente, em entrevista ao programa Movimento Pentecostal, o pastor Samuel Câmara.
Vejo que a liderança de José Wellington é muito boa e exemplo disso é a CPAD. Se todos os pastores assembleianos consumissem produtos da CPAD, a nossa igreja estaria muito melhor. Mas o destaque do pastor Wellington fica ainda com a construção da FAECAD e a formação de comissões como o Conselho de Apologia. É um ótimo administrador, mas nessa última AGO, ao criticar abertamente Samuel Câmara, a divisão cresceu mais ainda. Vamos buscar uma unidade assembleiana em torno da doutrina e espiritualidade correta (bíblica ortodoxa e pentecostal). Um abraço e pastor Geremias, continue em sua caminhada, como alguém que zela pela Palavra. Parabéns pelas Lições Bíblicas.
Obs.: Quero sugerir que o amado pastor coloque a sua agenda no seu blog.

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

Victor Leonardo Barbosa disse...

Apenas uma nota e observação pastor Geremias. Não é verdade que a igreja em Belém ficou indignada com suas críticas, como afirma a carta. pelo contrário, houve foi revolta e retaliação por parte dos membros( de congregações, excluindo-se aqui o templo central, onde que "rolou" foi apenas as fofocas de plantão) com relação a esta atidude tomada pelo pastor Samuel.
Eu admiro o pastor Samuel, creio ser ele um homem ortodoxo. Mas em nenhum momento fazer vista grossa aos erros cometidos por ele e que refletem na membresia da igreja. Isso, a meu ver é indamissível. Porém gostei bastante da colocação de Gutierres, houve, nesta última eleição, erros dos dois lados.
Mais uma vez obrigado por ter dado este esclarecimento pastor, indicarei este artigo para os membros da igreja em Belém. Caso fosse possível, se o senhor tiver o artigo do mensageiro virtual digitalizado, gostaria que me mandasse por e-mail, pois ainda não tive como lê-lo. Meu e-mail é panda_gigante@hotmail.com

Desde já eu agradeço, e que tudo possa caminhar no víncul da paz para as Assembléias de Deus, tanto do Norte quanto do sudeste.

Pastor Geremias do Couto disse...

Por favor, amigos, queiram desculpar-me pela demora em registrar aqui os meus comentários sobre os posts. É que tenho estado bastante assoberbado nos últimos dias com o projeto "Minha Esperança" e ainda estou escrevendo um livro em parceria com o pastor César Moisés.

Mas vamos lá.

Irmã Graça:

Que bom saber que em Santo Antonio de Jesus, BA, há uma excelente e exitosa EBD. Espero que os comentários desta lição tenham abençoado muitas vidas aí. Obrigado por sua manifestação.

Caro Daladier:

Acompanho o seu blog e as suas intervenções em outros blogs. Aprecio a lucidez dos seus comentários. A questão que você levanta tem raízes sociológicas profundas para um bom debate. Dá até livro. Quem sabe tenhamos algum tempo, mais adiante, para discutir esses assuntos?

Quanto ao mais, como você disse, é caminhar para frente, pois "ainda há muitíssima terra para possuir".

Por fim, apenas para constar, e sem entrar no mérito eleitoral (como disse acima, é um fenômeno sociológico), acredito que a administração do pastor José Wellington como presidente da CGADB ficará na história pelos avanços conquistados. E deixo ainda o registro de que não me empolgo muito com promessas de campanha. Pelo que tenho lido de sua lavra, acho que você também não. Nem sempre elas são factíveis da forma como são apresentadas.

Um abraço, meu irmão, nAquele que é também o seu e o meu Senhor, e volte outras vezes.

Caro Gutierres:

Entendo quando você questiona o que teria dito o pastor José Wellington no programa Movimento Pentecostal (não pude assisti-lo, de modo que não sei o que foi afirmado). Mas quem o acompanhou de perto nos meses que antecederam a Assembléia Geral da CGADB em São Paulo sabe o quanto ele sofreu. Nos dias do evento, então, nem se fala!

Assim, é compreensível que, em sua humanidade, ele possa ter feito um desabafo em nada igualado à forma como o outro candidato o tratou durante o processo. No mais, avancemos, pois há ainda uma longa estrada pela frente a ser percorrida.

Caro Vitor Leonardo:

Obrigado pela sua manifestação corajosa. Você não está sozinho. Há outros aí nessa linda e amada cidade paraense com você. Recebi algumas cartas e dezenas de emails enviados por irmãos de Belém que também ficaram contristados pela decisão tomada.

Como já dizia alguém, o tempo é senhor da razão e, não obstante considerar-me suspeito para falar, por ser o autor da revista, o pastor Samuel Câmara foi extremamente infeliz nessa decisão. Que Deus o ajude e continue a dar-me graça para permanecer como um verdadeiro instrumento em suas mãos.

29 de Novembro de 2007 21:28

Maya disse...

Oi, pastor, passei pra deixar um bom dia!

Vou incluir seu blog na minha lista.

Um abraço,

Maya

Pastor Geremias do Couto disse...

Maya

Obrigado por incluir o meu blog em sua lista. Farei o mesmo com o seu, sobretudo por admirar a primorosa qualidade literária de seus textos e a sua sensibilidade poética.

Volte outras vezes e obrigado também pela sua conocordância com o meu post no blog da Norma. Afinal, insinuar que quem renova a leitura da Bíblia, como fez JP, é socialista (ou direitista, ou centrista) é pura provocação ou absoluta falta de conhecimento.

Abraços

Maya disse...

Obrigada, Pastor, por incluir meu blog em sua lista! É verdade, as pessoas apelam quando não têm argumentos nem conhecimentos. Meu querido pastor, Sóstenes Apolos (AD/DF, o sr. o conhece?), pregava sobre isso. E dizia que marido e esposa têm que se deleitar, têm que se satisfazer. E isso é bíblico, sim! Obrigada também pelos elogios!

Tenha um bom dia!

Maya

: )

Pastor Geremias do Couto disse...

A quem interessar possa:

Volto a informar a quem interessar possa que um dos firmes critérios deste blog é não aceitar comentários anônimos. Entendo que essa não é a forma correta de divergir, discordar ou mesmo confrontar, pois não permite a quem está sendo questionado a oportunidade de conhecer o "rosto" e a identidade de quem questiona.

O meu blog aceita postagens divergentes, desde que não sejam anônimas e venham sempre em tom respeitoso, sem ofensas pessoais.

Caso alguém insista no anonimato, publicarei apenas um desses posts para que os demais que me dão a honra de freqüentar este blog vejam com que termos certas pessoas anônimas postam as suas divergências.

Abraços.

Silas Daniel disse...

Caro pastor e amigo Geremias,

Já faz alguns dias que me deparei com sua carta de esclarecimento neste blog. Porém, como só agora estou com mais tempo (estou de férias), finalmente passo por aqui. Sobre o assunto da postagem, prefiro não estender-me em comentários porque, primeiro, muito já foi dito a respeito; e segundo, basta lermos as explicações de um lado e do outro para ficar claro o que realmente aconteceu nesse caso. Uma análise simples é o suficiente. E como tantos outros assembleianos no Brasil, lamentamos muito o ocorrido.

No mais, aproveito para informar ao irmão e aos leitores deste abençoado blog que meu próximo livro está sendo lançado pela CPAD: "A Sedução das Novas Teologias". O subtítulo explica melhor o conteúdo: "O que está por trás de modismos como Igreja Emergente, Ortodoxia Generosa, Teologia Narrativa, Teísmo Aberto e Teologia Quântica". Creio que esse livro será bênção para muitas pessoas que se encontram divididas e confusas entre a ortodoxia bíblica e o discurso aparentemente coerente da atual onda teológico liberal no Brasil.

Um abraço!

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro pastor e amigo Silas Daniel:

Concordo também com o irmão quanto ao seu primeiro parágrafo. O que já foi dito a respeito é já suficiente para que as pessoas tirem as suas conclusões. Só voltarei ao assunto, aqui no blog, se a outra parte insistir em distorcer a verdade.

Estou ansioso para ler o seu novo livro. Os temas são relevantes para o momento e, com certeza, trarão respostas às muitas perguntas de muitas pessoas que estão sendo bombardeadas por essas teologias que torcem a verdade bíblica.

Quero ter o meu exemplar logo que sair.

Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro amigo,

Publiquei seu comentário com destaque em meu blog. Confira!

Agradeço-lhe pelas sábias palavras.

Em Cristo,

CSZ

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro pastor Ciro:

Obrigado pela publicação em destaque.

Deus permite que certas coisas aconteçam até para que outros aprendam com os erros alheios.

Ninguém consegue manter a máscara por muito tempo. Tenhamos, pois, cuidado.

Abraços em Cristo.

templarium disse...

Olá, Geremias! Feliz 2008! Você tem feito bom trabalho junto à direção da Ass. de Deus - dúvida não há! Reconheçamos um fato: já é tempo de mudanças na CGADB que, ora mais que nunca, se encontra um feudo-burgo dos Costa. Negar isso é atestado tácito de burrice e/ou cumplicidade. Você vai deixar este texto ir ao ar, Geremias? Fui pastor da Ass. Deus Bela Vista (Fortaleza) e sai devido o escândalo do Teixeira... Você deve recordar. www.benedictus.com.br Pr. Paulo César Sampaio

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro pastor Paulo César Samapio:

Como sempre afirmei no meu blog, todos os comentários, mesmo divergentes, seriam publicados desde que fossem em tom respeitoso e cordial.

Em seu caso, apesar de o irmão deixar implícita uma acusação ("atestado tácito de burrice e/ou cumplicidade")publiquei o seu comentário por estar nos limites do aceitável, apesar de considerar a sua visão dos fatos bastante distorcia.

Aos fatos:

1. Não há um feudo dos Costa na CGADB. O pastor José Wellington Bezerra da Costa tem sido reeleito por decisão de seus pares em eleições democráticas, onde qualquer outro pastor pode pleitear o mesmo cargo, ou qualquer outro, cumpridas as mínimas exigências estatutárias. É tanto que, segundo as minhas contas, o pastor José Wellington teve quem disputasse com ele em quatro eleições: o saudoso pastor Túlio Barros Ferreira, por duas vezes, e o próprio Samuel Câmara, também por duas vezes.

2.Quanto à participação de dois filhos do pastor José Wellington Bezerra da Costa (José Wellington Jr. e Paulo Freire Costa) em cargos da CGADB, entendo que eles não podem ser tolhidos em seus direitos convencionais pelo simples fato de serem filhos do pastor José Wellington já que, como pastores, desfrutam das mesmas prerrogativas de qualquer outro pastor vinculado à CGADB. Essa premissa vale para qualquer outro filho de pastor, que, vocacionado, esteja no exercício legítimo do ministério.

3. Mudanças sempre são necessárias na hora certa até mesmo na igreja local e acredito que o modelo assembleiano (não é o seu caso, pois pelo que observei em seu blog, já não mais pertence aos nossos quadros) possa ser redesenhado desde que haja coerência de se alterar também nas bases, pois alguns dos que sugerem mudar a direção da CGADB estão encroados em suas posições, como a dizerem: "façam o que eu digo, mas não façam o que eu façam". Vou até mais além: Por que a igreja não muda o seu pastor, a cada quatro anos, pelo menos, para "oxigenar" a administração? Mas, com raríssimas exceções, duvido que a maioria esteja disposta a abrir mão! (Sou insuspeito para falar dessa forma, pois pastoreei por sete anos e, quando entendi que o meu tempo terminara, passei o cajado ao meu vice-presidente, por eleição a que se submetaram dois candidatos. Hoje, sou apenas presidente de honra da igreja.)

4. Quanto ao episódio da igreja de Bela Vista, Fortaleza, CE, o irmão, que já pertenceu aos seus quadros, deve também recordar-se que as medidas disciplinares cabíveis foram tomadas à época, por iniciativa da Mesa Diretora da CGADB, de modo que o pastor Teixeira há alguns anos (não sei precisar o tempo) já não mais está vinculado à nossa Convenção.

Ou seja, não faz sentido algum relacionar esse fato ao que o irmão afirma ser um "feudo-burgo dos Costa" na CGADB. É uma afirmação desproposital, descabida (para não usar os termos que o irmão empregou em seu comentário), e que qualquer juiz imparcial deixaria de acatá-la por ser inconsistente com a causa defendida.

5. E, por último, à sua pergunta irónica se eu publicaria o seu comentário, a resposta aí está, na forma da própria publicação.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Geremias do Couto,

A paz do Senhor!

Parabéns pela clareza de sua exposição. Ela distingue muito bem o crente que ama a Palavra de Deus, desejoso de ver a Assembléia de Deus como uma denominação compromissada com a verdade de quem vê essa igreja como um grande negócio.

Quem a vê como um grande negócio; quem apenas vê multidões, mas distantes da sã doutrina, é capaz de fazer o que for preciso (até negar a Palavra de Deus) para conseguir os seus intentos.

Fiquemos, pois, com a simplicidade que há em Cristo, e não com a complexidade que ajunta pessoas, apresenta-lhes experiências "tremendas", mas as afasta do cristianismo puro e simples, como diria o acadêmico C.S.Lewis.

Muitos querem multidões a todo custo, porém lembremo-nos de que o primeiro a arrastar uma grande multidão foi o próprio Diabo.

Na defesa do evangelho puro e simples,

C.S. Zibordi

Marcos Guimarães disse...

Prezado Pr. Geremias,

Sou do estado de Mato Grosso (Várzea Grande) e há muito gostaria de poder ouvi-lo por aqui, mas não temos tido esta oportunidade. Pelo menos por enquanto.

Sou Superintendente da escola dominical de minha igreja. Confesso ao irmão para glória de Jesus Cristo, que a revista do trimestre que o amado irmão comentou, foi sem sombra de dúvida, uma urgência! Uma necessidade! E Deus inspirou o amado irmão para tal.Nós aprendemos muito.

Continue neste firme propósito de demonstrar o que a Bíblia endossa e aquilo que ela não endossa, doa a quem doer.

Em Cristo Jesus, Nossa Força e Esperança.

Pb. Marcos Guimarães.

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro Pb. Marcos Guimarães

Agradeço a Deus o privilégio de ter escrito as lições do último trimestre de 2007. Tratar das promessas de Deus é realmente, nos dias de hoje, uma extrema necessidade, haja vista os equívocos e as distorções ensinadas aos quatro cantos sobre o que elas representam para a nossa vida.

Espero ter contribuído para sanar muitas dúvidas e também para que possamos cumprir a nossa parte no pacto que Deus fez conosco.

Finalmente, quem sabe, um dia, estarei em Várzea Grande?

Deus lhe abençoe ricamente.

Pastor Geremias

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro "São Judas":

Como informei aqui várias outras vezes, este blog não aceita comentários anônimos e nem postados sob pseudônimo, como é o seu caso.

Também não é propósito deste blog entrar em polêmicas pueris e nem servir de espaço para reverberar acusações sem provas contra quem quer que seja, inclusive o pastor Samuel Câmara, feitas por pessoas que não assumem mediante a sua própria identificação as acusações que faz.

Acredito mesmo que quem se esconde no anonimato ou se abriga sob pseudônimo para acusar é pulsilânime, covarde, irresponsável, sem caráter, imoral e desviado da fé, para deixar de lado outras qualificações negativas, seja quem for que tenha usado deste recurso.

Diga quem você é, apresente as provas (se as tem)venha munido de bons e verdadeiros argumentos, e o espaço aqui lhe estará garantido.

Fora isso, as únicas categorias nas quais você se enquadra são as que descrevi há pouco.

Deus lhe abençoe

12 de Fevereiro de 2008 13:06

paulinhovcarvalho disse...

Prezado Geremias vc é suspeito sim para falar sobre JW pois se beneficia da administação do mesmo e esse papo de "..Parece bem a nós e ao Espirito Santo..." foi um artigo malicioso e polêmico da sua parte e se não fosse a falta de organização na convenção e todos tivessem votado, o resultado seria outro.
2009 vem ai o pr Samuel vai assumir o que Deus tem lhe entregado nas suas mãos.
Olha amado esse testemunho que muitos foram "batizados no espiritos santo" estudando a revista rsrs -Eu queria ver a opinião do rev. Augustus Nicodemus sobre isso ... vc não acha que está apelando?
Fica com deus!

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro Paulinho de Carvalho:

Embora eu não tenha encontrado o seu perfil no blog.spot, e não sa ber de quem se trata, publico o seu comentário em respeito ao fato de você ter-se identificado.

Quanto ao que você menciona a meu respeito, tenho uma história que fala mais alto do que qualquer suposto benefício recebido da CGADB, se é que ocupar algum cargo represente benefício.

O problema de pessoas como você é que não trazem argumentos consistentes para o debate, mas deixam transparecer rancor, raiva e incapacidade de lidar com as divergências.

Quanto ao fato de mencionar que diversas pessoas foram batizadas no Espírito Santo em todo o Brasil (o "rsrs" é seu) durante aquele trimestre apenas me reportei aos relatórios que chegaram das mais diversas partes do país, segundo o que crê a Assembléia de Deus, inclusive a igreja-mãe, em Belém, PA.

Finalmente, quanto ao que pensa o rev. Augustus Nicodemus sobre isso, sugiro-lhe que pergunte diretamente a ele.

Deus lhe abençoe.

Pastor Geremias do Couto disse...

São judas responde:
SEM CARÁTER E SEM MORAL É VC SEU VERME!!!!
DÁ A RESPOSTA E CITA MEU NICK SEM DEIXAR O MEU POST AÍ NÉ?
E DEPOIS FICA TODO NERVOSINHO DANDO XILIQUES COMO É SEU COSTUME. VC COMO JORNALISTA É UMA M... E SEM ÉTICA ALGUMA.

GEREMIASINHO EU TAVA NO DISTRITO FEDERAL QDO AQUELE PASTORZINHO DESTRATOU O PR SAMUEL E SE NÃO FOSSE O PR. ELIENAI CABRAL, O PR. SAMUEL FICARIA HUMILHADO E TEU PASTOR JW - MAL CARÁTER ESTAVA ACHANDO ISSO MUITO BOM NÉ?


OLHA NÃO SOU PASTOR, NÃO MAMO NAS TETAS DA CPAD COMO VC, MAS NÃO APOIO AS SACANAGENS QUE FAZEM CONTRA O SAMUEL CÂMARA...

ESE JW É TÃO SAKANA QUE PARA DIMINUIR A FORÇA DO NORTE VAI FAZER A CONV EM POA - PORTO ALEGRE NÉ?

DESCULPA EU NÃO REDGIR DO JEITO QUE VC ESCREVE, MAIS SEU BLOG NÃO MERECE CRÉDITO ALGUM.

VC PENSA QUE A IGREJA DE BELEM, FALO DA GRANDE MAIORIA DOS MEMBROS APOIOU A SACANAGEM QUE VC FÊZ SE UTILIZANDO DOS DISPOSITIVOS DA CPAD?
R AINDA TEM COAGEM DE METER O ESPIRITO SANTO NISSO?
E AINDA FALA DE BATISMOS NO ES?

FALA SÉRIO!

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro São Judas:

Por uma falha minha, ao invés de aceitar o seu mais recente comentário, como havia proposto em meu coração, acabei recusando-o, razão porque resolvi colá-lo e transferi-lo para cá, como aparece acima, pelas seguintes razões:

1. Mostrar aos que freqüentam o meu blog como se portam pessoas como você, que se escondem atrás do anonimato ou de pseudônimo para acusar a honra alheia;

2. Mostrar que a minha resposta ao seu comentário anterior, que recusei, é extremamente branda e ao mesmo tempo honesta diante da forma grosseira, vulgar e nojenta que você emprega para defender os seus pontos de vista e atacar a mim e a terceiros. Assim, em razão da sua tenaz vulgaridade, mantenho o que disse no meu comentário anterior, com a mesma serenidade, a qual parece não caracterizar o seu perfil: quem se esconde atrás de anonimato ou de pseudônimo (ou de "nick", como você mesmo diz) para acusar pessoas é pulsilânime, covarde, sem caráter, irresponsável, imoral e desviado da fé, e

3. Mostrar que se você representa o tipo de pessoa que rodeia o pastor Samuel Câmara, ele está em maus lençóis e a AD também estará em maus lençóis, caso ele algum dia venha a presidi-la. Acho mesmo que com esse seu comportamento o que você faz é campanha contra o próprio pastor Samuel Câmara.

Quanto à igreja de Belém, conheço-a muito bem e sei que ela é composta de pessoas sinceras que querem agradar a Deus e jamais apoiaram esse espírito de retaliação, do qual já não convém mais falar.

Por último, não mais publicarei qualquer outro comentário, a favor ou contra, relacionado a este post até porque ele foi publicado em novembro do ano passado e só agora alguns que dele divergem se manifestam e de forma bastante inconveniente e acintosa. Acho que já é o efeito Porto Alegre...

Ah... uma pergunta? Você é o Iscariotes ou o da epístola?

Anônimo disse...

São Judas
- Vc acha que faço campanha de CGADB?
Eu jah te falei que não faço.
Não mamo e nem mamarei nas tetas da CPAD, ok?

Não moro no norte do Brasil e nem rodeio o pr. Samuel como vc insinuou
PELO CONTRÁRIO já fiz parte do círculo que apoia JW e talvez vc esteja me reconhecendo, eis o motivo de chamar-me de Iscariotes!

Acho que esta falação não vai chegar a lugar nenhum, por isso dou por encerrada minhas postagens por aqui.
Se vc acha que agi mal, pior fêz vc no seu artigo profano: "...Pareceu bem ao ES e a nós tbm..."

Vc acha que o Es estah nesta marmelada da eleição do JW? vc sabe que não está! Por isso não adianta eu insistir aqui.

Um abraço.

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro São Judas:

Havia proposto, como disse acima, não publicar mais comentário algum relacionado a esta postagem.

Mas ontem à noite, após abrir o meu correio eletrônico e encontrar outro comentário seu, resolvi orar a respeito, e resolvi hoje pela manhã publicar o que você escreveu e lhe dar uma última resposta.

1. Quanto ao lugar em que você mora ou vive, se faz ou não campanha para a CGADB, se recebeu, recebe ou receber (ou não) benefícios da CPAD (para não usar os termos chulos que você empregou), é um problema da sua consciência que em nada me afeta, mas revela bastante do seu caráter.

2. Quanto ao fato de eu lhe estar reconhecendo, acho que você acertou: você está agindo como um filho da perdição, demonstra estar com o coração cheio de ressentimentos, um poço de amargura, e parece que não acredita na soberania de Deus, mas na aleatoriedade dos atos humanos, sem qualquer interferência divina.

3. Quanto ao pseudônimo que você usa (ou ^nick"), fiz-lhe apenas uma pergunta: você é o Iscariotes ou o da epístola? No entanto, da mesma forma como as pessoas que se acham culpadas por alguma coisa acabam confessando a sua culpa nas entrelinhas, foi exatamente o que você fez, ao dizer que lhe chamei de Iscariotes sem tê-lo chamado. Ou seja, você acabou entregando os pontos.

4. Por fim, dou-lhe um conselho: arrependa-se enquanto é tempo, busque o perdão de Deus, arranque do seu coração todas as mágoas, pois Deus é soberano e intervém, sim, na história para trazer bênção e juízo. Deus é o Deus das oportunidades, mas é também aquele que julga segundo a reta justiça.

O tempo de arrependimento e perdão de Deus para você se chama "hoje", portanto não endureça o seu coração. Esta é, em Cristo, a minha última mensagem para você. De fato, agora, não volto mais ao assunto.

Deus lhe abençoe.

Pastor Geremias do Couto disse...

Um adendo, caro Judas:

Cuidado com a dupla personalidade. Isso faz mal à saúde!

Anônimo disse...

Pr Geremias... cuidado com seus julgamentos quase sempre precipitados chamando as pessoas que não tem idéia de quem seje de SEM CARÁTER!!!

AMADO SERÁ QUE NÃO PASSOU PELA SUA CABEÇA QUE SOU UMA DAS PESSOAS QUE NÃO SUPORTA MAIS ESSE JOGUINHO SUJO DO JW QUE ESTÁ AI QUASE 20 ANOS NA CGADB ? E PRÁ MIM TANTO FAZ SAMUEL CÂMARA OU OUTRO ENTENDEU? EU APOIO O SC, PQ FOI O UNICO QUE TEVE CORAGEM DE ENFRENTAR O PODERIO DE MANIPULAÇÃO QUE CGADB TEM ATRAVES DA CPAD E OUTROS ARTIFICIOS.

EM TEMPO: O PR. JW, PRESIDENTE DA CGADB, VAI PREGAR NO CONGRESSO GIDEÕES DO PR CESINO ESSE ANO EM ABRIL PRÓXIMO E SE VC QUER SABER FOI O PRÓPPRIO JW QUE SE CONVIDOU, POIS ELE MANDOU O FILINHO DELE LÁ O JUNIOR NO ANIVERSÁRIO DO PR CESINO...
FOI UMA VISITA INESPERADA DO JOSÉ W. JUNIOR AO "NIVER " DO PR. CESINO SABIA? E FOI O PROPRIO JWCJUNIOR QUE AUTO CONVIDOU O PAI DELE PARA PREGAR NO FAMOSO E CONCORRIDO EVENTO DE MISSÕES EM CAMBORIU SC.
E O PR CESINO TEVE QUE CONFIRMAR!

MAS ISSO NÃO MUDA EM ABSOLUTAMENTE EM NADA O APOIO DO PR CESINO E DA CONVENÇÃO DE SC AO PR SAMUEL CÂMARA NA PROXIMA ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DA CGADB.

MAS ESTÃO FALANDO AQUI EM TODA SC QUE O JW QUER FAZER POLITICAGEM DAS FEIAS AQUI NO CONGRESSO DE SC...
E ELE TB QUER APROVEITAR OS MILHARES E MILHARES DE PESSOAS QUE VEM DE TODA PARTE DO BRASIL E DO MUNDO PARA FICAR UM POUQUINHO MAIS POPULAR E MAIS CONHECIDO NO MEIO ASSEMBLEIANO NEH? FALO DO POVÃO QUE NEM SABE QUEM É JW.

VAI SER ENGRAÇADO VER JW AO LADO DO MARCOS FELICIANO E OUTROS DO MESMO QUILATE do Marco Feliciano PREGANDO E DIZENDO AMEM UM PARA O OUTRO NESSE EVENTO!!!! rsrs
Vai ser engraçado ver o JW dizer amém para muitas manifestações neopentecostais que ele tanto condena, rsrsr
Estou pagando pra ver esse mico dele, JW. e tudo por causa de votos e para ficar menos antipático né?
mas tudo isso é em vão.
FIQUE SABENDO QUE O EFEITO GIDEÕES É INFINITAMENTE MAIOR QUE O TÃO FALADO 'EFEITO PORTO ALEGRE" QUE VC TANTO FALA.
rsrs

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro São Judas:

Aqui estou eu de novo! Perdendo o meu tempo com você! Mas acredito que algumas pessoas estejam ganhando por conhecê-lo um pouco mais!

Pensei em recusar o seu último comentário, por que nele, mais uma vez, você comete as mesmas afrontas e eu não quero que o meu blog se torne palco para pessoas que não têm o mínimo pudor naquilo que diz.

Pensava em recusar, também, pelo fato de você, agora, ao invés de usar o famigerado pseudônimo "São Judas", preferir empregar o próprio sistema do "blogger" para enviar o seu comentário, o que prova que você deve manter também um blog de sua propriedade. Ou não?

Por que você não se identifica? Por que você não diz quem é? Por que você não dá as "caras"?

Nâo lhe chamei de sem caráter, mas deixei implícito, pois a sua própria postura revela isso. Que o digam os freqüentadores deste blog. Ou não é sem caráter uma pessoa que se esconde para afrontar? Ou não é sem caráter alguém que chama o outro de verme, como fez comigo? Ou de INVEJOSO, como postou anonimamente em outros blogs?

Não há outro tipo de qualificação para esse tipo de comportamento a não ser chamá-lo (tal comportamento) de pulsilânime, covarde, imoral, irresponsável e de alguém desviado da fé.

Você, como sempre, não responde aos meus argumentos (eles são irrespondíveis), mas sempre prefere levantar outras questões. Vai puxando um fio atrás do outro, não se explica e pensa que somos todos inexperientes! Bobalhões!

Você, por exemplo, menciona, em tom acusatório, que o pastor José Wellington estaria pregando nos Gideões Missionários da Última Hora, em abril próximo, como se ele estivesse cometendo o maior pecado do mundo. Perceba que pus o verbo "estaria" no futuro do subjuntivo, pois desconheço ainda essa informação. Ora, o pastor Samuel Câmara, a quem você diz apoiar, é freqüentador assíduo desses encontros!

Você critica o fato de que ele, o pastor José Wellington, estaria nesse caso participando de um evento onde prega o Marco Feliciano. Nâo se aplicaria o mesmo ao pastor Samuel Câmara, a quem você diz apoiar (não diga que eu pus isso em sua boca, pois está escrito com todas as letras em seu comentário), o qual está sempre lá? Aliás, o próprio convidou esse conhecido pregador para pregar no aniversário da igreja-mãe! Veja como o seu julgamento é contraditório e eivado de incongruências!

Por outro lado, que mal tem o pastor José Wellington ir pregar nos Gideões? O pastor Cesino Bernardino é um homem respeitado, honrado e pertence aos quadros da Convenção Geral! E, tenha certeza, que se o pastor José Wellington estiver presente, estará no condição de convidado, pois conheço há muito tempo (pelo menos há uns 20 anos!) a integridade do pastor Cesino Bernardino!

Você diz que o pastor José Wellington se auto-convidou para participar do aniversário do pastor Cesino Bernardino e enviou o seu filho, pastor Wellington Junior, para representá-lo.

Percebo que você desconhece os fatos, pois se esqueceu de dizer que o pastor Cesino Bernardino, acompanhado do presidente da Convenção Catarinense, pastor Arcelino, esteve presente no aniversário do pastor José Wellington, em outubro do ano passado. Ele se auto-convidou ou foi convidado? E no mês anterior, em setembro, foi um dos preletores da Escola Bíblica do Belenzinho. Ele se auto-convidou ou foi convidado?

Quanto ao pastor Cesino Bernardino vir a dar ou não o seu voto ao pastor Samuel Câmara, na próxima assembléia convencional, estará simplesmente exercendo um direito que lhe é legítimo. Nâo entro nesse tipo de discussão.

Meu caro, aprenda a argumentar, seja consistente em suas afirmações e, sobretudo, converta-se ao Senhor, que se compadecerá de sua alma!

Por último, repito: mostre o seu rosto! Assuma aquilo que você crê com todos os bônus e riscos! Tenha a coragem de tirar a máscara! Sei que estou malhando em ferro frio, mas lhe respondo não pelo que você diz, que merece a lata do lixo, mas para revelar, sim, o seu caráter e mostrar aos que por aqui passam como, às vezes, temos de lidar com gente do seu naipe! Deixe-me lembrá-lo, também, que aqui a "abertura" de Deus não funciona.

Quanto aos seus "rsrs" irônicos, tenha cuidado pois eles podem transformar-se em choro!

Acima o texto integral do "anônimo" que antes se identificava como "São Judas".

Anônimo disse...

E AI?

VC JÁ SE RECUPEROU DO EFEITO PORTO ALEGRE?

EU SEI QUE O "EFEITO PORTO ALEGRE" SAIU O CONTRÁRIO DO QUE VC ESPERAVA NÉ?

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

AGUARDE 2009 NOVOS RUMOS NA CGADB E CPAD.

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro anônimo:

Fiz questão de liberar o seu comentário não porque você mereça, mas em virtude de pretender ainda esta semana postar um comentário sobre a convenção de Porto Alegre.

Assim, a sua "participação" veio a calhar, pois ela me ajudará a esclarecer aos meus leitores, não a você, é óbvio, sobre o que teria sido esse "efeito Porto Alegre" a que você se refere.

Anônimo disse...

Como minha participação "veio a calhar" e a"ajuda seus leitores" ?
Sinceramente não compreendo.
E mais: 0 seu comentário sobre a Convenção de POA ñ é palavra final em nada! e ainda mais: VC não está se propondo a se dono da verdade absoluta dos fatos... ou está?

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro anônimo

Você está muito ansioso!

Tenha calma!

Quando eu publicar o meu comentário, você saberá de que forma sua participação "veio a calhar".

Quanto ao fato de eu ser ou não dono da verdade absoluta dos fatos, não se preocupe! Não fique açodado!

Nem eu nem qualquer outro é dono dela, a verdade absoluta, a não ser o próprio Deus!

Se a paz de Deus não lhe é suficiente, tome um pouco de "maracugina". Talvez ajude!

Abraços

Anônimo disse...

Ok.
Mas eu não tenho pq estar ansioso simplesmente pq não tenho nada em jogo (perder ou ganhar) com relação a CGADB a não ser o desejo ardente de mudança ma liderança da mesma por amor a minha denominação.
Posso até estar totalmente equivocado, mas é assim que eu penso: quero mudança e que a mesma venha através do pr. Samuel.
Pastor Geremias, mas onde o irmão vai postar o artigo? Se for em algum períodico da CPAD sabe que por questão de ética tem de ser neutro não é? Agora se for por aqui, fique a vontade para expressar sua opinião.
Um abraço.

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro anônimo:

Embora tente demonstrar o contrário, você continua muito ansioso!

É só ver o horário em que postei a minha resposta ao seu post anterior e a hora em que você postou a sua réplica. Muito rápido!!!

É óbvio que quando disse, na minha primeira resposta, que "postaria" um comentário sobre o assunto ainda esta semana, referia-me naturalmente ao meu blog, no qual "sempre estive bem à vontade".

No entanto, caso escrevesse para o Mensageiro da Paz, não veria mal algum se eles aceitassem a publicação, pois "as matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do jornal".

Finalmente, mais uma vez, por que você não se identifica? Eu não sei (ou sei?), por exemplo, se estou tratando com o mesmo remetente anônimos das outras postagens.

Você tem todo o direito de defender as suas teses, inclusive em relação à CGADB, mas seria melhor que isso fosse feito à luz do dia, e não nas sombras.

Quem se esconde é por que ou tem "vergonha" do que faz, diz ou defende ou usa esse recurso para divulgar "inverdades" sem ter de assumir o risco.

Em que posição você está?

Abraços